icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
07/02/2015
20:49

Cerca de uma semana após fazer severas críticas à equipe do Internacional, o presidente do clube Vitorio Piffero, voltou suas 'armas' para os jornalistas. Em entrevista coletiva após a vitória por 1 a 0 do Colorado sobre o Novo Hamburgo, o mandatário acusou a imprensa de querer desestabilizar o elenco:

- Dedico esta vitória a vocês da imprensa, que testemunharam a tentativa de queima de um treinador (Diego Aguirre). Não há qualquer crise. Aguirre é nosso treinador e estamos extremamente satisfeitos com ele. Não me lembro de ter escalado o (Eduardo) Sasha ou "desescalado" Sasha. Para mim, tem de jogar com três atacantes, como o Aguirre quer.

Mais calmo, Piffero valorizou o triunfo sobre o Noia:

- Foi um jogo muito bom. Estamos no caminho. Hoje, deu para avaliar quem está em condições de jogo para ajudar a gente. Foi muito bom também rever jogadores como o Bolívar, o Leandrão.

Mesmo sendo uma atitude atípica no futebol, o presidente do Inter valorizou o fato de os titulares serem poupados a dois jogos do início da Copa Libertadores:

- Estamos jogando duas partidas por semana. Os jogadores atuam um, depois passam por uma viagem. Isto é desgastante demais. O planejamento visa deixar todo mundo em condições de jogo.