icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/07/2014
18:43

Acabou a novela. O Cruzeiro oficializou a compra definitiva do meia Willian, que pertencia ao Metalist, da Ucrânia. O anúncio oficial foi feito nesta tarde/noite de sábado, antes da partida do time mineiro contra o Figueirense, no Mineirão. Para ficar com o jogador, a Raposa irá desembolsar 3,5 milhões de euros.

Gilvan de Pinho Tavares valorizou os esforços feitos pelo clube para se manter com o 'bigodudo' e falou da importância do sócio-torcedor para que o clube conseguisse concretizar a compra do jogador em definitivo.

- Isso só foi possível por causa do nosso sócio-torcedor. Para manter um time que o Cruzeiro tem, não precisa só de onze jogadores, mas de um plantel. As competiçõs são muitas, os jogos são contínuos. Se não tivermos jogadores de nível em todas as posições, não teremos os resultados que temos obtido. Mas isso custa caro. Quem tem pago isso é o sócio do futebol. Felizmente, o sócio entendeu e ele é quem está fazendo o time do Cruzeiro e mantendo o time nesse nível. O Willian é uma engrenagem forte nesse plantel do Cruzeiro. O sócio está de parabéns e tenho certeza que a torcida vai receber essa notícia muito satisfeita - disse Gilvan de Pinho Tavares, ao lado de Willian, em entrevista coletiva antes da partida celeste contra o Figueirense.


O contrato de empréstimo de Willian tinha terminado no último dia 14. Sem contrato com o clube, o jogador passou a treinar em separado na Toca da Raposa II. Desta forma, a tendência é de que o atleta já esteja à disposição de Marcelo Oliveira para a partida do próximo sábado, 2 de agosto, contra o Botafogo, no Maracanã.