icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/12/2013
18:32

A Seleção Brasileira feminina de handebol conseguiu uma campanha histórica no Campeonato Mundial e vai disputar a final do torneio neste domingo, às 14h15 (de Brasília), contra a Sérvia, com transmissão em tempo real do L!Net. A grande fase da equipe nacional chamou a atenção até da presidente Dilma Rousseff.

Em sua conta oficial no Twitter, Dilma demonstrou seu apoio ao handebol brasileiro, lembrando inclusive a campanha na Olimpíada de 2012, quando a Seleção feminina foi eliminada nas quartas de final, para a Noruega, que seria a campeã.

"Quem assistiu as meninas do handebol nas Olimpíadas de Londres já havia se apaixonado pela sua garra e categoria. Agora as meninas do handebol foram mais longe: disputam amanhã a final do Campeonato Mundial. É a primeira vez que as brasileiras chegam tão longe. Elas mereceram a nossa torcida e o nosso aplauso", disse Dilma, em uma série de postagens.

A presidente ainda lembrou que a modalidade vem recebendo o apoio do governo federal, citando os investimentos de Banco do Brasil e Correios. Ela ainda lembrou que São Bernardo do Campo (SP) será o local de treinos para 2016:

"Desde 2003, o governo apoia o handebol. Em junho, Banco do Brasil e Correios assinaram patrocínio de R$9,4 milhões para o esporte. O handebol terá centro de treinamento em S. Bernardo do Campo para se preparar para as Olimpíadas do Rio."

A Seleção feminina entrou para a história ao alcançar a final do Mundial da Sérvia. Antes, a equipe nunca havia superado as quartas de final.