icons.title signature.placeholder Rafael Bullara
29/11/2013
18:01

O presidente Marco Antonio Chedid vai manter a equipe do Bragantino sem alguns jogadores titulares para o compromisso contra o Figueirense, neste sábado. O mandatário afirmou que isso faz parte do planejamento do clube para a próxima temporada e que durante a semana os atletas estavam cientes de quem iria tirar férias antecipadas.

- O planejamento é claro. No momento que o risco de rebaixamento fosse resolvido, a gente anteciparia as férias. É um procedimento normal dentro dos clubes. Depois da vitória em Belém (ganhou do Paysandu por 1 a 0), voltamos e houve a reapresentação na terça-feira. Teve até um churrasquinho de comemoração pela permanência na Série B. O Álvaro e os outros jogadores já sabiam que estavam de férias - afirmou Chedid ao L!Net.

O zagueiro, segundo o presidente, fez um trabalho durante o treinamento da quarta-feira, mas apenas para esperar o pagamento do bicho e do salário, pagos nesta quinta.

- O Álvaro e o Limcom (atacante que também não jogará neste sábado) deram uma corridinha. Eles estavam esperando o bicho de premiação que ainda não havia sido pago em razão das últimas três vitórias e também o salário - completou.

Capitão do Bragantino, o zagueiro de 38 anos declarou ao site Futebol Interior que não entendia o motivo de ter sido excluído do elenco antes da última partida da Série B contra o Figueirense, clube que luta pelo acesso e precisa de uma vitória para subir. Marquinhos Chedid tratou com ironia a vontade de Álvaro em estar em campo.

- É um bom garoto e queria um Natalzinho mais gordo.

Ceará e Icasa também brigam pelo acesso. Durante a semana o presidente do Vovô, Evandro Leitão, se reuniu com alguns atletas do Bragantino, mas negou que tenha oferecido incentivo financeiro.