icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/11/2014
09:18

O presidente eleito do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, já começa a pensar no planejamento do elenco para 2015. Apesar do risco iminente de rebaixamento, o mandatário deixou claro que o Glorioso precisa montar um time forte para o próximo ano, independentemente da divisão.

– Na questão do orçamento, com os recursos que o clube tem, independentemente se for disputar Série A ou B, já foi feito um esboço. Mesmo que estejamos na Série B, temos que fazer um time de nível de Primeira Divisão. Clube grande e de tradição tem a obrigatoriedade de montar uma equipe ou então não teremos condições de subir – disse o mandatário à Rádio Globo.

O presidente lembrou das dificuldades do Vasco para voltar à elite.

– Os time menores sempre querem aparecer mais quando enfrentam os grandes, como vimos agora com o Vasco. Garanto que vamos fazer um trabalho de qualidade, independentemente da divisão – comentou.

Apesar do risco de queda para a Série B ser muito grande, Carlos Eduardo Pereira, logo após ser eleito, fez questão de lembrar que o Botafogo ainda não caiu. O presidente admitiu muitas dificuldades para escapar da degola, mas deixou claro que o Glorioso não pode se entregar.

– Teremos duas partidas decisivas. Não temos o direito de aceitar uma derrota antes do tempo. É realmente difícil, mas temos que lutar – disse.