icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/07/2014
11:36

O ex-presidente do Bayern de Munique, Uli Hoeness, deu entrada nesta segunda-feira em uma clínica de Munique para tratar de um problema cardíaco. A informação foi dada nesta terça-feira pelo diário alemão "Bild". O ex-dirigente cumpre prisão por crime de evasão fiscal.

O estado de saúde de Hoeness não chega a ser preocupante, afinal a visita à clínica estava prevista há algumas semanas.

Na mesma matéria, o "Bild" afirma que os advogados de Hoeness pretendem entrar com um pedido para o ex-dirigente cumprir sua pena de três anos e meio em prisão domiciliar. Ele foi preso em março, acusado de ter desviado 27,2 milhões de euros (R$ 81,7 milhões). A quantia estava escondida em uma conta na Suíça.