icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/12/2013
11:05

O Valencia está contando com a ajuda de uma pessoa inesperada para a sua reconstrução financeira. De acordo com o jornal "Mundo Deportivo", Joan Laporta, ex-presidente do Barcelona, é um dos homens que fazem parte das reuniões com o bilionário Peter Lin, de Singapura, que está prestes a comprar as ações do clube Che.

Segundo o jornal, Laporta esteve no início das conversas com o bilionário, que aconteceu durante o GP de Singapura de Fórmula 1. Peter Lim, que é um dos principais acionistas da McLaren, recebeu o ex-presidente do Barcelona, que estava acompanhado de um dirigente do Valencia.

O clube de Jonas e Diego Alves entrou em um verdadeiro drama este mês, quando não conseguiu pagar uma dívida, e a única solução seria vender as ações para algum magnata asiático.

A ideia de Peter Lim, que é amigo próximo do empresário Jorge Mendes, que trabalha com astros como Cristiano Ronaldo, José Mourinho e Falcao García, é ter tudo certo até o dia 15 de janeiro, e já gastar até 40 milhões de euros (R$ 129 milhões) em contratações já na janela de inverno. No total, em uma primeira fase, ele deve gastar 300 milhões de euros (R$ 968 milhões) para reformular o time e pagar as dívidas.