icons.title signature.placeholder Craque do Futuro
icons.title signature.placeholder Craque do Futuro
09/07/2013
09:33

Devido à escalação irregular do zagueiro Talis, do Goytacaz, em duas partidas da segunda divisão do Campeonato Carioca, o Estadual segue paralisado, esperando uma posição do STJD.

O Presidente do America, Vinícius Cordeiro, falou no último final de semana sobre a competição e seus embates jurídicos. O comandante rubro revelou que o America entrou com um recurso para que, além de perder os seis pontos das duas partidas, o Goytacaz perdesse outros três pontos, como havia determinado o tribunal.

- Eles (FFERJ) deveriam ter tirado, além de administrativamente os seis pontos - que foi retirado -, mais três pontos que o tribunal determinou. A FFERJ se omitiu e até o momento não fez isso. Então entramos com recurso para o Pleno e este recurso pretende instar que a federação tire os três pontos que faltam. Mesmo que o Pleno decida que o Goytacaz perca três pontos ao invés de seis, não altera esta sanção de ser aplicada.

Cordeiro se mostrou confiante em uma resolução favorável ao America e acredita que a paralisação também favorecerá o time Rubro dentro de campo, no triangular final.

- Eu acredito que há males que vêm para bem. Neste meio tempo, houve alguns atletas que vêm se recuperando e isso tem ajudado o America profissional a estar em uma melhor forma física, melhor forma psicológica para que uma vez estar nas finais, conseguirmos o tão almejado ascenso à primeira divisão.

A segunda divisão do campeonato estadual do Rio continua parada, esperando uma definição do caso Talis. A competição foi paralisada nas semifinais da Taça Corcovado, o segundo turno. O campeão da Taça Corcovado disputará com America e Bonsucesso o triangular final para decidir as duas vagas na elite do futebol carioca em 2014.


E MAIS:

> America-RJ confirma saída de cinco atletas

> America-RJ aposta em promessa da base na reta final da Série B do Carioca

> Artilheiro do America-RJ acelera recuperação para jogar confrontos decisivos

Devido à escalação irregular do zagueiro Talis, do Goytacaz, em duas partidas da segunda divisão do Campeonato Carioca, o Estadual segue paralisado, esperando uma posição do STJD.

O Presidente do America, Vinícius Cordeiro, falou no último final de semana sobre a competição e seus embates jurídicos. O comandante rubro revelou que o America entrou com um recurso para que, além de perder os seis pontos das duas partidas, o Goytacaz perdesse outros três pontos, como havia determinado o tribunal.

- Eles (FFERJ) deveriam ter tirado, além de administrativamente os seis pontos - que foi retirado -, mais três pontos que o tribunal determinou. A FFERJ se omitiu e até o momento não fez isso. Então entramos com recurso para o Pleno e este recurso pretende instar que a federação tire os três pontos que faltam. Mesmo que o Pleno decida que o Goytacaz perca três pontos ao invés de seis, não altera esta sanção de ser aplicada.

Cordeiro se mostrou confiante em uma resolução favorável ao America e acredita que a paralisação também favorecerá o time Rubro dentro de campo, no triangular final.

- Eu acredito que há males que vêm para bem. Neste meio tempo, houve alguns atletas que vêm se recuperando e isso tem ajudado o America profissional a estar em uma melhor forma física, melhor forma psicológica para que uma vez estar nas finais, conseguirmos o tão almejado ascenso à primeira divisão.

A segunda divisão do campeonato estadual do Rio continua parada, esperando uma definição do caso Talis. A competição foi paralisada nas semifinais da Taça Corcovado, o segundo turno. O campeão da Taça Corcovado disputará com America e Bonsucesso o triangular final para decidir as duas vagas na elite do futebol carioca em 2014.


E MAIS:

> America-RJ confirma saída de cinco atletas

> America-RJ aposta em promessa da base na reta final da Série B do Carioca

> Artilheiro do America-RJ acelera recuperação para jogar confrontos decisivos