icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/07/2014
07:43


Camisa 9 da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, o atacante Fred terá um tempo para se igualar fisicamente aos companheiros de Fluminense. O preparador do clube, Rodrigo Poletto, revelou que o jogador terá um período de dez a 15 dias de reintegração. Esses dias serão suficientes para o jogador descansar de uma competição tão pesada quanto é o Mundial, mas também terá sessões de treinamento.

E MAIS
> Wellington Nem vai a treino do Fluminense e reunião pode definir acerto
> Além de Wellington Nem, Flu negocia com um lateral-esquerdo
> Fluminense divulga vídeo em homanegem ao ídolo Assis

- Depois dessa parada, precisaríamos de duas semanas para que ele consiga treinar, para que tenha um período de treinamento e descanso da Copa. Mas claro, vamos conversar com ele porque tudo vai depender dessa conversa e de uma avaliação física que vamos fazer quando ele se reapresentar. Mas acredito que período seja de dez a 15 para que ele possa voltar a treinar com o restante do grupo. Seria um período de descanso e também de treinamento - explicou Poletto.


Fred fez um gol contra a seleção de Camarões (Foto: Ari Ferreira/ LANCE!Press)

Poletto ainda ressaltou que o jogador passará por um trabalho específico junto da preparação física. Segundo o preparador, voltar de uma Copa do Mundo é como se o jogador estivesse terminando uma temporada. Assim que se reapresentar, o camisa 9 será reavaliado antes de retornar aos trabalhos com o restante dos companheiros.

- Ele vai vir de uma competição difícil e desgastante física e mentalmente. É como se tivesse terminando uma temporada. Então ele vai precisar de um tempo específico de treinamento para ele. Quando ele retornar, iremos reavaliá-lo para ver quais condições dele. Vamos precisar ver qual a situação dele para fazer trabalhos específicos e só então retorne ao contato com o grupo.

PRESENÇA NOS JOGOS DEPENDERÁ DA CONDIÇÃO FÍSICA

Questionado sobre a utilização de Fred nos jogos do Fluminense após o término da Copa do Mundo, o preparador físico disse que essa decisão dependerá da condição física que o jogador vai apresentar quando retornar ao clube. Poletto ainda tratou de lembrar que o jogador é um atleta de alto rendimento e que o nível de desgaste terá que ser analisado.

- Vai depender do estado que ele irá se reapresentar. Mas ele é um atleta de alto nível, está bem preparado, está se mantendo bem, sem nenhum tipo de lesão. Então, dependendo da conversa que teremos com ele, de repente ele pode até voltar normalmente. Mas isso vai depender de como ele voltar da Copa do Mundo.