icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
16/02/2015
16:49

Na opinião do preparador físico do Fluminense, Rodrigo Poletto, a boa campanha do time neste início do Campeonato Carioca - quatro vitórias em quatro jogos -, é reflexo da boa pré-temporada realizada pela comissão técnica. Segundo ele, além da qualidade do trabalho, o tempo de preparação dos jogadores até o início das competições, que foi aumentado em relação aos anos anteriores, foi outro fator preponderante para o bom condicionamento físico e técnico dos atletas.

- É uma coisa que já vínhamos brigando há muito tempo. Este período maior de pré-temporada é importante para que o time estreie, se não no ideal, bem próximo dele. 13 a 15 dias de preparação, como acontecia nas temporadas anteriores, é um tempo muito curto e acabava fazendo com que muito atletas se lesionassem. Desta vez pudemos começar nas condições esperadas e o resultado é este que estamos vendo - disse Poletto, ao site do Fluminense, destacando a importância da participação time na Flórida Cup, nos Estados Unidos, em janeiro, que teve participações de Corinthians, Bayer Leverkusen e Colônia, os dois últimos da Alemanha:

- Tivemos que nos adequar. As equipes que enfrentamos estavam em outro estágio físico e com ritmo de jogo. Precisamos fazer um trabalho específico para aqueles jogos. Por isso, deixamos uma equipe apenas 45 minutos em campo em cada jogo. A estratégia que usamos certamente preservou os atletas de lesão, por isso é tão importante se planejar antes. Aproveitamos aqueles jogos mais como preparação do que como um campeonato mesmo.

O Fluminense lidera o Campeonato Carioca, com 12 pontos ganhos. Nesta quarta-feira, às 19h, o Tricolor enfrentará o Volta Redonda, no Estádio Raulino de Oliveira, pela quinta rodada. Apesar do início animar, Rodrigo Peletto afirma que ainda há o que melhorar.

- O time está apresentando uma evolução boa, se adaptando muito bem aos trabalhos que desenvolvemos e, com isso, o resultado está aparecendo em campo. Faço um trabalho integrado com o Cristóvão para que os atletas evoluam ao mesmo tempo na parte física, técnica e tática. É claro que eles ainda estão evoluindo e precisam melhorar em vários aspectos, mas para um início de temporada posso dizer que a equipe se preparou de forma satisfatória - afirmou o preparador físico.