icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/03/2014
10:36

A seleção alemã é uma das principais favoritas na Copa do Mundo deste ano, e o próprio técnico, Joachim Löw, reconhece isso. Porém, o treinador está preocupado. Alguns dos principais jogadores dos tricampeões mundiais estão ou machucados, ou fora de forma.

- No total, somos uma equipe "top", com grandes qualidades e grandes individualidades. Mas a realidade é um pouco diferente. A verdade não é tão legal, vários jogadores estão fora há muito tempo e não têm ritmo. Precisamos dos próximos dois meses para melhorar para que todos chegem bem fisicamente - disse Löw durante entrevista coletiva.

Só no setor do meio-campo, Schweinsteiger ficou alguns meses fora e voltou há poucas semanas, ainda sem atingir o ápice. Gündogan e Khedira sofreram graves lesões e ainda não retornaram a jogar. Özil não está machucado, mas não vive grande fase. No ataque, Mario Gomez ficou cinco meses fora, e Klose é dúvida para o amistoso desta quarta-feira contra o Chile.

- O relógio está marcando o tempo e eu faço um apelo a todos que se preparem da melhor forma possível, que invistam tudo. Não apenas fisicamente, mas também mentalmente - concluiu.