icons.title signature.placeholder Igor Siqueira
18/03/2014
10:18

O presidente da Ferj, Rubens Lopes, pelo visto desistiu de bater de frente com a atual gestão da CBF na eleição da entidade máxima do futebol brasileiro. Reeleito na semana passada para o terceiro mandato no Rio, agora até 2018, Rubinho não fala mais com a voracidade de antes sobre a disputa com Marco Polo Del Nero.

- CBF? Temos que cuidar do futebol carioca - disse ele, ao ser indagado pelo LANCE!Net.

Foi alvo de três dos grandes do Rio na semana passada. Flamengo, Fluminense e Vasco assinaram uma nota com críticas à gestão do futebol carioca e o presidente precisou contornar, respondendo com a criação de um fórum para debater melhorias para o Estadual, apesar de negar que a "revolta" do trio tenha sido a motivação. Fla e Flu também são eleitores na CBF, pois estão na Série A.

Rubens Lopes inicialmente estava no bloco dos "rebeldes". A oposição se formou e escolheu o presidente da Federação Gaúcha, Francisco Novelletto, como candidato. No entanto, Rubinho, publicamente, fez questão de negar o apoio a Novelletto, causando estranheza em outros dirigentes opositores.

A eleição na CBF está prevista para meados de abril. Por enquanto, a oposição não conseguiu o apoio necessário para registrar a chapa: cinco clubes da Série A e oito federações estaduais.