icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/11/2013
12:20

Nas preleções do goleiro e capitão Rogério Ceni, o presidente são-paulino, Juvenal Juvêncio, sempre está presente no vestiário do Morumbi. No entanto, geralmente acompanha e escuta o camisa 01 posicionado atrás do grupo de atletas, reunidos em um círculo enquanto Ceni dirige suas palavras. Nesta quarta-feira, porém, no discurso do goleiro antes do empate em 1 a 1 com a Ponte Preta, em Mogi Mirim, o mandatário tricolor entrou na roda dos jogadores e ouviu o arqueiro como se fosse um membro qualquer do elenco, abraçado ao meia Paulo Henrique Ganso e ao goleiro Léo (Foto: Divulgação/SPFC).