icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/04/2014
10:34

O preço da nova camisa da Inglaterra virou questão de estado. O primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, acha que o valor estabelecido pela Nike é alto demais. O preço foi de 90 libras (R$ 340).

- É muito caro. Eu tenho um filho de oito anos, ele é um torcedor de futebol fanático. Os pais sofrem enorme pressão para comprar o último uniforme e nós não podemos ser explorados - disse Cameron à emissora BBC.

Não foi só o primeiro-ministro. A ministra dos esportes do Reino Unido, Helen Grant, postou a sua reclamação no Twitter.

- Em relação à camisa da Inglaterra, 90 libras não está certo. Os torcedores leais são a base do nosso esporte nacional. É preciso uma reformulação nos preços - escreveu Grant.

Vale lembrar que a Nike se tornou a nova fornecedora de uniformes da Inglaterra em maio do ano passado. A empresa norte-americana também recebeu críticas do polêmico Joey Barton. O jogador do Queens Park Rangers classificou o preço como "apavorante".

Como comparação, a camisa da Seleção Brasileira, que também é confeccionada pela Nike, sai por R$ 230 (equivalente a 60 libras).