icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
11/11/2013
12:47

Eles eram poucos conhecidos entre os próprios torcedores dos seus respectivos clubes no início do ano a ou ainda não tinham chamado a atenção. Eis que, principalmente com a chegada do Campeonato Brasileiro, muitos jovens se destacaram e, hoje, são essenciais para o desempenho de suas equipes na temporada. O LANCE!Net selecionou quais jogadores ignoram a pouca idade e mostram futebol de muita qualidade.

MARCELO: UM DOS DIFERENCIAIS DE UM LEGÍTIMO FURACÃO

Marcelo, de 21 anos, já havia sido um dos diferenciais do Atlético-PR no acesso à Série A em 2012, com 16 gols em 30 jogos. Neste ano, o camisa 7 pode não ser o goleador do time, posto ocupado por Éderson, o artilheiro do Brasileirão, mas vem sendo um dos diferencias do Furacão. Tanto na Copa do Brasil, quanto no Campeonato Brasileiro, competição pela qual soma 27 jogos, cinco gols, seis assistências e 43 finalizações.

GEGÊ DESBANCA LODEIRO NO BOTAFOGO

Gegê havia disputado apenas quatro jogos – dois pelo Carioca e outros dois pela Copa do Brasil – e havia feito apenas duas partidas pelo Brasileirão até o início de outubro. Eis que ele voltou a ser utilizado por Oswaldo Oliveira, agradou e ganhou a vaga que era Lodeiro. Gegê soma dez jogos no Brasileirão, com dois gols, uma assistência e 15 finalizações.

LUCAS SILVA DEIXA HENRIQUE, TINGA E GUERREIRO NA SAUDADE

O jovem volante Lucas Silva, de 20 anos, debutou no Campeonato Brasileiro apenas 14ª rodada, quando o Cruzeiro foi superado pelo Grêmio, por 3 a 1, na Arena. Até então com quatro jogos no ano, ele agradou e, desde então, só não entrou em campo quando teve de cumprir suspensão automática. Jogadores experientes como Leandro Guerreiro, Henrique e Tinga ficaram para trás com a ascensão de Lucas.

Marcelo, Gegê, Bressan, Alison e Ramiro são os outros jovens que estão se destacando (Foto: LANCE!Press)

GRÊMIO TEM TRIO EX-JUVENTUDE COMO DESTAQUE

Além de contratar jogadores gabaritados como Barcos e Vargas, o Grêmio também trabalhou para viabilizar a chegada de atletas jovens. Vieram, por exemplo, seis jogadores do Juventude, sendo cinco deles atrás da parceria que existe entre os clubes. E três deles: Bressan, Ramiro e Alex Telles, todos com 20 anos, se tornaram titulares e estão se destacando.

Bressan iniciou 2013 como opção, estreou pelo Grêmio, assim como Alex Telles, no jogo decisivo contra a LDU (EQU), pela primeira fase da Libertadores e, com as atuações ruins de Cris, hoje no Vasco, assumiu a titularidade e deu conta do recado. São 31 jogos, um gol e 79 desarmes certos na competição, segundo números da parceria LANCE!/FOOTSTATS.

Alex Telles também ganhou a titularidade na sequência da temporada e tem, neste Brasileirão, mostrado qualidade. O assédio de clubes da Europa já existe sobre o camisa 13 tricolor. Ciente disso, o Grêmio espera adquirir cerca de 50% dos direitos econômicos do jogador. São 31 partidas, um gol, três assistências e 154 cruzamentos no Brasileirão.

Já Ramiro chegou ao Grêmio para, em um primeiro momento, integrar o time Sub-20. Integrado ao time principal ainda por Vanderlei Luxemburgo, ele ganhou a confiança de Renato Gaúcho e passou a ser um dos três volantes do time. Ramiro soma 24 jogos, com 1 gol, duas assistências e 69 desarmes, sendo 57 certos no Brasileiro.

OTÁVIO É MOTIVO DE CELEBRAÇÃO NO INTERNACIONAL

A campanha decepcionante do Internacional no Campeonato Brasileiro – 10º colocado com 45 pontos – tem chamado a atenção. Com isso, poucos jogadores vão se "salvando" no Colorado. Um deles é o ídolo D'Alessandro. O outro é Otávio, de 18 anos. Ele ganhou a condição de titular com Dunga e tem sido utilizado com frequência por Clemer: chegou a voltar para o banco, mas já voltou a figurar entre os 11. Veloz e de drible fácil, o camisa 33 soma cinco gols, duas assistências e 58 dribles.

ALISON É A GRATA SURPRESA NO SANTOS

O jogador com a melhor média de desarmes certos no Campeonato Brasileiro: 5,7 por jogo. São 125 em 22 partidas. Esse é o volante Alison, de 20 anos, a grata surpresa do Santos no Campeonato Brasileiro. Ele começou o ano disputando a Copa São Paulo de Futebol Júnior e começou a ter oportunidades no time principal a partir do duelo contra a Portuguesa, pela sétima rodada do Brasileirão.

MARLONE SE DESTACA NO CAMBALEANTE VASCO

Marlone teve algumas oportunidades durante o Campeonato Carioca e se firmou na retomada do Brasileirão após a pausa para a Copa das Confederações. Aos 21 anos, ele se tornou titular absoluto e tem se destacado em um Vasco que luta contra o descenso. São 21 jogos no Brasileirão, com três gols, cinco assistências e 49 finalizações.