icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/07/2014
08:29

O Timão receberá o Palmeiras neste domingo, às 16h, pelo Brasileirão, para a disputa do primeiro clássico da Arena Corinthians. Contra o Verdão, o Alvinegro mandará sua quinta partida no novo estádio. Na opinião do volante Elias, está na hora de a equipe transformar a "nova casa" em um "caldeirão".

– O Pacaembu foi um estádio místico para o torcedor corintiano. Igual aquilo não vai ter. Temos de ir em busca do melhor, de a Arena se tornar nossa casa, um caldeirão – declarou o camisa 7 do Corinthians, em entrevista concedida no CT Joaquim Grava.

Desde a interdição do Parque Antártica para a construção do novo estádio alviverde, as partidas entre Corinthians e Palmeiras, independente do mando, tendiam a ser disputadas no Pacaembu. Com a arena de Itaquera à disposição, Elias pede a colaboração da torcida para deixar os adversários incômodos diante do Timão da mesma forma como acontecia no Paulo Machado de Carvalho.

– Então que o torcedor se una nos cantos, grite e nos apoie. Os jogadores que jogavam contra o Corinthians no Pacaembu tremiam. Se isso for feito, vão continuar tremendo – afirmou o volante do Timão, que disputará neste domingo seu primeiro Dérbi nesta segunda passagem pelo Alvinegro.

O último duelo travado entre Corinthians e Palmeiras aconteceu justamente no Pacaembu, no último dia 16 de fevereiro, pelo Paulistão. O empate de 1 a 1 não contou com a participação de Elias, que nem sequer havia ainda despertado interesse da diretoria do Corinthians.

Na Arena Corinthians, o Timão soma duas vitórias (contra Internacional e Bahia), um empate (contra Botafogo) e uma derrota (contra Figueirense). Com Elias em campo, a equipe tem 100% de aproveitamento no novo estádio, com triunfos sobre gaúchos e baianos.