icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/03/2014
17:01

Depois de conquistar o mundo com a Seleção Brasileira em 2002, Rivaldo começou uma saga por campeonatos menos badalados. Em 2004, ele chegou ao Olympiacos, da Grécia, onde conquistou três títulos nacionais e duas Copa locais. Três anos depois ele chegou ao AEK Atenas, também do país grego.

Depois de cinco anos no futebol grego, Rivaldo surpreendeu todos e foi jogar no Bunyodkor, do Uzbequistão. O meia atuou dois anos pelo clube uzbeque, onde foi bicampeão nacional até rescindir o contrato em 2010. A equipe uzbeque era dirigida na ocasião por Luiz Felipe Scolari.

No mesmo ano, Rivaldo voltou ao Brasil para jogar pelo Mogi Mirim, clube onde se aposentou, mas foi contratado pelo São Paulo, onde não teve uma passagem destaque.

Em 2012, Rivaldo voltou a surpreender todos quando assinou contrato com o Kabuscorp, de Angola, onde ficou por só um ano. O atleta também passou pelo São Caetano antes de retornar ao Mogi e pendurar as chuteiras, conforme o anúncio deste sábado.