icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/07/2014
19:07

Além de encarar o Paraná Clube, pela 12º rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, no estádio do Canindé, às 19h30, a Portuguesa irá estrear o novo uniforme do clube para a sequência da temporada. O manto é uma homenagem ao time da década de 1950. Na ocasião, o time do Canindé conquistou o Torneio Rio-São Paulo e a Taça Fita Azul.

O novo uniforme tem as listras em verde e vermelhos dispostas horizontalmente.O calção branco com detalhes vermelhos nas laterais completa o uniforme. A gola, verde, é pólo cavada em “V”, assim como naquele tempo, e leva na parte de trás o nome Lusa estilizado, bem acima da bandeira do Brasil. Brandãozinho, Nena, Noronha, Ceci, Pinga, Julinho Botelho, Ipojucan, Renato, Nininho, Simão e Djalma Santos, foram os jogadores que se destacaram na campanha vitoriosa da época.

Em 1951, o time paulista conquistou a Taça Fita Azul, disputada em solo estrangeiro. A  Portuguesa disputou 12 jogos, venceu 11, e empatou apenas um vez, diante do Valência (ESP). A Lusa levantou o caneco logo na primeira edição do torneio.

No ano seguinte, a Portuguesa foi campeã pela primeira vez no extinto Torneio Rio-SP. A Lusa venceu o Vasco da Gama, por 4 A 2, no primeiro jogo da decisão, realizado no Pacaembu. Na segunda partida, os paulistas empataram com os cariocas em 2 a 2, no Maracanã.

Três anos mais tardes, novamente o time lusitano se consagrou campeã. Dessa vez, a equipe venceu o Palmeiras, em 1955. No primeiro jogo, as duas equipes empataram em 2 a 2. O time lusitano levou a melhor no segundo confronto e derrotou o Verdão, por 2 a 0, com gols de Julinho Botelho e Ipojucan. No entanto, o time do Canindé conquistou o bicampeonato do torneio.