icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/03/2014
11:34

Depois de alguns anos utilizando uniforme reserva branco, mas com detalhes em verde e vermelho, a seleção portuguesa vai voltar a ter o azul em sua segunda camisa. A combinação, que faz referência à bandeira antiga do país, que tinha o mesmo escudo da atual, mas outras cores. Há ainda uma referência ao centenário da equipe, com os anos 1914 e 2014 ao lado do escudo.

Na Copa do Mundo de 1966, em que a equipe terminou na terceira colocação, a camisa era toda branca, e os calções e os meiões, já da cor que é recuperada. Entre 1998 e 2004, voltou a usar essaa combinação, mas já com detalhes azuis na gola e nas mangas. Em 2006, o preto foi escolhido, e depois o branco com verde e vermelho.

O principal astro da seleção portuguesa, e também um dos principais jogadores da Nike, Cristiano Ronaldo falou sobre a nova camisa, que ainda traz uma cruz da Ordem de Cristo, tradicional na época dos descobrimentos, na parte interior da gola.

- O novo uniforme alternativo é impressionante, o branco tem muito estilo e mal posso esperar por o usar em campo. É a maior honra representar o país enquanto jogador e vou utilizar o uniforme nacional com orgulho. Tenho a certeza que vai dar a toda a equipe confiança para jogar pela nossa nação - disse o craque.

O diretor criativo globar da Nike Futebol, Martin Lotti, falou sobre a elaboração da camisa, que traz ainda um sistema de resfriamento, com furos cortados a laser e outras tecnologias.

- Criamos um estilo clássico e sofisticado para o segundo uniforme da seleção portuguesa, cujo visual transmite a elegância e o brilhantismo do futebol que garantiu a classificação do país para a Copa do Mundo no Brasil - explicou.