icons.title signature.placeholder LANCE!Bizz
27/11/2013
13:12

O Futebol Clube do Porto registrou um recorde de receitas na atual temporada (2012/2013). somente com a transferência de jogadores. Os negócios envolvendo alguns de seus jogadores superaram as expectativas mais otimistas dos dirigentes  do clube português, alcançando um valor de  mercado que possibilitou ao clube registrar um superávit no seu balanço anual.

A performance financeira dos Dragões nesta temporada com a janela de transferências turbinou as finanças do clube elevando as suas receitas a patamares inéditos. O clube vangloria-se ainda de ter conquistado essa receita, excluindo-se as cifras geradas com as negociações de jogadores.

No exercício 2012/13, os Dragões arrecadaram € 57,9 milhões (R$ 181 milhões), e gastaram € 77,2 milhões (R4 242 milhões), o que acarretaria em um prejuízo operacional de € 19,3 milhões (R$ 60,4 milhões). No entanto, as transferências de alguns de seus atletas para outras equipes europeias garantiram o superávit financeiro.


Pinto da Costa na Assembleia para aprovação das contas do FC Porto

Pinto da Costa na Assembleia para aprovação das contas do FC Porto


As saídas do brasileiro Hulk, James Rodríguez, João Moutinho e Alvaro Pereira totalizaram € 76,5 milhões (R$ 239,5 milhões). Com as transferências, o Porto atingiu € 134,4 milhões (R$ 420,7 milhões) e descontados os € 26,5 milhões (R$ 83 milhões) investidos em jogadores, o resultado líquido do clube foi de € 20,3 milhões (R$ 63,5 milhões).