icons.title signature.placeholder Bruno Quaresma e Marcio Porto
27/11/2013
08:02

Quase ninguém acreditava no Expressinho que venceu a Conmebol em 1994. Muricy acreditava. Quase ninguém acreditava que o São Paulo venceria o Brasileiro de 2008. Muricy acreditava. Quase ninguém acreditava que o São Paulo se livraria do rebaixamento este ano. Muricy acreditava. Quase ninguém acredita que o São Paulo pode eliminar a Ponte Preta da Copa Sul-Americana na noite desta quarta-feira. Mas Muricy acredita...

Não foram poucas as vezes em que o técnico viu do banco o Tricolor superar adversidades e reagir de maneira inesperada. E é nesse sentimento que o “Clube da Fé” se apega para vencer por três gols de diferença e sair do Estádio Romildo Ferreira, em Mogi Mirim, às 21h50 com transmissão em tempo real do L!Net.

– Sempre digo que um técnico voltar a ser tricampeão brasileiro no mesmo time é quase impossível porque nesse meio tempo perde um campeonato e querem tirar o técnico. Fiquei várias vezes assim, para cair, e sempre dava voltas por cima, recuperava, conseguia dar o título. Essa é a reação do profissional, não desisto mesmo. Tive vários momentos que me superei bastante – lembra o técnico.

Muricy deixa transparecer a emoção, algo que acontece sempre que se refere ao São Paulo. Ele respira o clube. E também por isso reage mal quando lembram de seus fracassos, um sentimento de torcedor. Mas o técnico sabe que precisará superar um trauma para a crença na classificação virar realidade.

Na passagem anterior, foram quatro eliminações para Brasileiros em jogos internacionais. Internacional, em 2006, Grêmio, em 2007, Fluminense, em 2008, e Cruzeiro, em 2009, todas na Libertadores. Ele acredita que não precisará acrescentar a Ponte, em 2013...

Muricy acredita em virada do São Paulo na Copa Sul-Americana

As superações de Muricy

Conmebol 1994
Então auxiliar-técnico de Telê Santana, Muricy comandou o São Paulo na Copa Conmebol de 1994. O time era formado apenas por garotos e tinha como destaques Rogério Ceni, Caio, Juninho, Denilson e Catê. Poucos apostavam, mas o Tricolor foi vencendo, eliminou o Corinthians e ganhou o título sobre o Peñarol (URU).

Brasileiro 2008
O São Paulo virou o turno no meio da tabela e longe do líder Grêmio, mas a surpreendente campanha no returno fez a equipe decolar e subir a ponto de chegar na última rodada dependendo apenas de si para ser campeão. Vitória sobre o Goiás coroou o trabalho de Muricy Ramalho.

Tri inédito
Essa conquista de 2008 fez com que o São Paulo se tornasse, pela primeira vez em sua história, tricampeão. Nem do Paulista o clube conseguiu três títulos consecutivos. Também foi a primeira vez que um clube venceu três Brasileiros seguidos. Muricy esteve à frente do time nos três anos.

Rebaixamento?
Assumiu o time na degola justamente contra a Ponte Preta no primeiro jogo do returno. Em 17 partidas no Brasileirão conquistou 32 pontos e livrou qualquer possibilidade de queda. Tem a terceira melhor campanha da segunda parte do torneio, só atrás de Cruzeiro e Goiás.