icons.title signature.placeholder Luis Fernando Coutinho
29/07/2014
16:29

A notícia de que Joe Riggs está fora do duelo contra Paulo Thiago no UFC Brasília, que acontece dia 13 de setembro, pegou os fãs de MMA de surpresa. Porém, mais surpreendente do que a saída do atleta do combate foi o motivo. O americano descarregou a própria arma em si enquanto a limpava, machucando assim sua mão e também sua perna em um acidente ocorrido na última segunda-feira.

Depois do anúncio oficial feito pelo Ultimate, o brasiliense falou sobre o caso em entrevista ao LANCE!Net. Mesmo sem saber ao certo o que aconteceu para que o lutador descarregasse a arma em si mesmo, o policial do BOPE de Brasília avaliou a situação baseado nas informações fornecidas pela organização e em sua experiência como policial.

- A gente não sabe qual a situação ao certo. É difícil de falar. Mas posso afirma que não é o procedimento correto limpar uma arma carregada. Não podemos julgar sem ter certeza, mas definitivamente não é certo fazer isso. Acabei de ficar sabendo o que aconteceu. É uma pena, seria uma grande luta, o Riggs é um grande atleta, um veterano, e seria uma honra enfrentá-lo. Espero que ele melhore - declarou o lutador, em conversa por telefone com a reportagem.

Feliz pela oportunidade de lutar em casa, o brasiliense não teme que a chance escape e diz que os treinos continuam à espera da definição de seu novo oponente no evento. Ele ainda lembrou que o show acontece no mesmo palco de sua estreia no esporte.

- Vou lutar em Brasília, minha cidade, onde nasci e cresi. O evento será no ginásio que estreei no MMA. É muito bom voltar pra lá lutando pelo UFC no primeiro show me Brasília. Fico muito feliz. Estou treinando muito para isso. Vou me dedicando bastante. Acho que isso não vai me tirar do evento, dá tempo de colocar outro adversário. Claro que é ruim, pois já estávamos traçando a estratégia, é o segundo adversário que cai, isso quebra um pouco. Estou aguardando a definição do próximo. não corro de ninguém - explicou.