icons.title signature.placeholder João Matheus Ferreira e Matheus Babo
22/02/2015
17:00

O clima não foi dos melhores nos arredores do Estádio Nilton Santos poucas horas antes do jogo entre Fluminense e Vasco, neste domingo, às 18h30, pela sexta rodada do Campeonato Carioca. No estacionamento do estádio, três ônibus da Polícia Militar abrigaram 87 torcedores presos das torcidas organizadas de ambas as equipes. Os grupos se confrontaram no Méier, bairro vizinho ao local do clássico.

A briga foi entre membros da torcida organizada Young Flu, do Fluminense, e Força Jovem, do Vasco. Os tricolores têm sede no Méier, local onde houve a confusão. Por isso, são maioria entre os torcedores presos: são 66 tricolores e 21 vascaínos. Há relatos de feridos, mas nenhum com gravidade, como explicou João Fiorentini, tenente-coronel do Gepe (Grupamento Especial de Policiamento em Estádio), ao LANCE!Net.

- Houve uma confusão entre as torcidas Young Flu e Força Jovem perto da estação de trem do Méier. Prendemos 87, sendo a maioria do Fluminense. Ninguém ficou gravemente ferido, apenas o procedimento normal, como pedrada, paulada e fogos - disse.

Nos arredores da estação de trem do Méier o policiamento segue reforçado. Mais cedo, houve dois relatos de brigas, mas ambos longe do Nilton Santos. Grupos das duas torcidas entraram em confronto perto da estação de trem de Nova Iguaçu e na Ilha do Governador, onde um ônibus com torcedores tricolores foi apedrejado por vascaínos. A segurança no estádio é reforçada.