icons.title signature.placeholder Michel Castellar
23/06/2014
21:27

Um total de 15 cambistas foram presos enquanto atuavam nas imediações do Estádio Nacional de Brasília - Mané Garrincha, na tarde desta segunda-feira, antes do confronto entre a Seleção e Camarões. Entre os detidos estão argentinos, poloneses, holandeses e brasileiros.

Com os cambistas, os policiais apreenderam cerca de 500 ingressos para o confronto entre Brasil e Camarões. Além das entradas, foram confiscados dos presos R$ 20 mil e US$ 3 mil (R$ 7 mil) em espécie.

Após a partida, a polícia considerou um sucesso a operação realizada antes, durante e após o confronto. Para o jogo do Brasil, a decisão foi a de manter o mesmo esquema adotado nas duas primeiras partidas da Copa realizadas em Brasília.

O total de 3.448 agentes de seguranças envolvidos na operação foi escalado para o jogo. E o mesmo número deverá ser usado no confronto entre Portugal e Gana, na quinta-feira, pela última rodada do grupo G.

Arena Corinthians: estação de metrô vira mercado aberto de ingressos

Situada a 25 quilômetros do Mané Garrincha, a Fifa Fan Fest não registrou nenhum incidente grave. A principal atração no local que recebeu 40 mil pessoas para assistir ao jogo da Seleção foi o cantor de funk melody Naldo.