icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/11/2014
19:45

O técnico da Alemanha, Joachim Löw, aconselhou o atacante Podolski a deixar o Arsenal, e parece que o jogador resolveu pelo menos pensar no assunto. O jogador de 29 anos admitiu que pretende pelo menos ver com Arsène Wenger, técnico dos Gunners, a sua situação no clube londrino.

- Eu tenho que falar com Wenger, pois a situação no momento não é boa para mim, quero jogar, então vamos ver o que vai acontecer - disse "Poldi" após o jogo entre Alemanha e Espanha, que garantiu não estar chateado com ninguém e que gosta do clube:

- Eu sou feliz no Arsenal, sou feliz em Londres, mas o que incomoda é que eu não jogo. Eu não tenho oportunidades. Eu jogo sempre 10 ou 15 minutos, eu não posso estar feliz assim.

Por fim, o carismático alemão não quis adiantar se vai sair do Arsenal, e muito menos falar se já vai fazer isso no mercado de transferências de inverno europeu, que fica aberto em janeiro.

- Não digo que vou sair e nem que vou sair no inverno. Apenas pensa na minha situação, e a minha situação é que estou infeliz. É como alguém que não tem a chance de fazer o seu trabalho. Sei que só podem entrar 11, mas quando só se joga 10 ou 15 minutos, e isso acontece toda semana, não tem como estar feliz. É só isso - desabafou Podolski.