icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
31/08/2015
12:47

A possibilidade das torcidas de Atlético-MG e Cruzeiro voltarem a dividir estádios em clássicos chegou ao plenário de Minas Gerais. Uma audiência pública nesta terça-feira, às 11h, na Assembleia Legislativa, debaterá a chance de vender o mesmo número de ingressos para as torcidas de clubes da capital mineira.

A ideia voltou a entrar em debate a partir do Projeto de Lei 2.688/15, de autoria do deputado estadual Anselmo Domingos. O PL, ligado à venda de ingressos para jogos de futebol no estado, define que “é obrigatória a disponibilização do mesmo número de ingressos de cada torcida em jogos de futebol entre times da Capital realizados em território estadual”.

- A partida fica mais bonita de se ver e o futebol é jogado com mais raça, tendo as vozes das duas torcidas nas arquibancadas. É uma energia extra para os times buscarem a vitória. Queremos ter a oportunidade de assistir a jogos com mais público - ressaltou, ao "Estado de Minas".

Entre os convidados para a audiência, estão o deputado e presidente do América-MG, Alencar da Silveira Júnior, o mandatário do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares. O mandatário da Federação Mineira de Futebol (FMF), Castellar Guimarães Neto, também foi convidado.

 

 

A possibilidade das torcidas de Atlético-MG e Cruzeiro voltarem a dividir estádios em clássicos chegou ao plenário de Minas Gerais. Uma audiência pública nesta terça-feira, às 11h, na Assembleia Legislativa, debaterá a chance de vender o mesmo número de ingressos para as torcidas de clubes da capital mineira.

A ideia voltou a entrar em debate a partir do Projeto de Lei 2.688/15, de autoria do deputado estadual Anselmo Domingos. O PL, ligado à venda de ingressos para jogos de futebol no estado, define que “é obrigatória a disponibilização do mesmo número de ingressos de cada torcida em jogos de futebol entre times da Capital realizados em território estadual”.

- A partida fica mais bonita de se ver e o futebol é jogado com mais raça, tendo as vozes das duas torcidas nas arquibancadas. É uma energia extra para os times buscarem a vitória. Queremos ter a oportunidade de assistir a jogos com mais público - ressaltou, ao "Estado de Minas".

Entre os convidados para a audiência, estão o deputado e presidente do América-MG, Alencar da Silveira Júnior, o mandatário do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares. O mandatário da Federação Mineira de Futebol (FMF), Castellar Guimarães Neto, também foi convidado.