icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/08/2015
20:34

A CBF divulgou, nesta quarta-feira, a escala de arbitragem da 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Diante da avalanche de reclamações sobre árbitros e bandeirinhas nas últimas semanas, o LANCE! preparou um raio-x dos juízes que entrarão em campo nos dez jogos deste fim de semana.

O destaque da escala recém-divulgada fica por conta da ausência dos quatro principais alvos de reclamação na rodada do último fim de semana: os árbitros Bruno Arleu de Araújo (RJ), Igor Benevenuto (MG)* e Marcos André Gomes da Penha (ES) e a assistente Nadine Bastos (SC). Benevenuto, porém, apita a partida entre Fluminense e Paysandu, nesta quinta, pela Copa do Brasil.

Araújo apitou o empate sem gols entre Atlético-PR e Santos, no qual os rubro-negros se queixaram da marcação de um pênalti para o Peixe. Benevenuto, juiz da vitória do Palmeiras por 4 a 2 sobre o Flamengo, no domingo pela manhã, foi alvo de reclamação dos dois clubes por conta de supostos pênaltis não marcados. Penha, árbitro do triunfo de 2 a 1 da Chapecoense sobre o Atlético-MG, foi cobrado por atleticanos em função de um toque de mão no lance do segundo gol alviverde. Por fim, Nadine foi a auxiliar responsável por anular um gol supostamente legal do Avaí na derrota de 2 a 1 do time catarinense para o Corinthians.

No centro de outras polêmicas recentes, os árbitros Luiz Flávio de Oliveira (SP) e Leandro Pedro Vuaden (RS) estão escalados para a 20ª rodada. Na 18ª rodada, Oliveira sinalizou pênalti a favor do Corinthians contra o Sport e recebeu muita reclamação. Na rodada anterior, Vuaden deixou de marcar pênalti para o São Paulo após toque de mão do corintiano Uendel na grande área, no fim do jogo, e foi bastante criticado pelos tricolores. Vale lembrar que tanto o árbitro paulista quando o gaúcho já apitaram outros jogos após esses episódios, ou seja, não ficaram na "geladeira".

Outro árbitro recentemente envolvido em sinalizações duvidosas é Dewson Fernando Freitas da Silva (PA). O paraense foi duramente criticado por atleticanos após a derrota do Galo por 2 a 0 para o Grêmio, na 18ª rodada. O juiz não sinalizou pênalti para os mineiros após toque de mão do zagueiro gremista Erazo na grande área. Ao contrário de Luiz Flávio de Oliveira e Lendro Pedro Vuaden, Silva segue sem ser escalado desde a partida do Mineirão.

Por fim, vale chamar atenção para o fato de que, para a 20ª rodada, a CBF não escalou nenhum árbitro ou assistente que pertença ao mesmo estado ou federação dos clubes envolvidos nas partidas. Para afastar a desconfiança de torcida e imprensa, a entidade havia adotado o sistema de "arbitragem caseira" em diversas partidas do primeiro turno.

* Benevenuto está fora dos trios de arbitragem escalados para a 20ª rodada, mas será quarto árbitro do jogo entre Corinthians e Cruzeiro.

CONFIRA ABAIXO UM RAIO X DA ARBITRAGEM ESCALADA PARA A 20ª RODADA DO BR-15

Santos x Avaí
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
No BR-15, apitou 0 jogo do Santos e 0 jogo do Avaí

Assistente 1: Alessandro A Rocha de Matos (BA)
Assistente 2: Marcelo Bertanha Barison (RS)

Goiás x Vasco
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
No BR-15, apitou 1 jogo do Goiás e 3 jogos do Vasco

Assistente 1: Alex Ang Ribeiro (SP)
Assistente 2: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

Figueirense x Sport
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ)
No BR-15, apitou 1 jogo do Figueirense e 1 jogo do Sport

Assistente 1: Dibert Pedrosa Moises (RJ)
Assistente 2: Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)

Coritiba x Chapecoense
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
No BR-15, apitou 1 jogo do Coritiba e 2 jogos da Chapecoense

Assistente 1: Marcus Vinicius Gomes (MG)
Assistente 2: Marconi Helbert Vieira (MG)

Ponte Preta x Grêmio
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
No BR-15, apitou 1 jogo da Ponte Preta e 0 jogo do Grêmio

Assistente 1: Bruno Boschilia (PR)
Assistente 2: Sidmar dos Santos Meurer (MG)

Corinthians x Cruzeiro
Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (RJ)
No BR-15, apitou 2 jogos do Grêmio e 0 jogo do Corinthians

Assistente 1: Rodrigo F Henrique Correa (RJ)
Assistente 2: Luiz Claudio Regazone (RJ)

Flamengo x São Paulo
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
No BR-15, apitou 2 jogos do Flamengo e 2 jogos do São Paulo

Assistente 1: Fabricio Vilarinho da Silva (GO)
Assistente 2: Fabio Pereira (TO)

Internacional x Atlético-PR
Árbitro: Raphael Claus (SP)
No BR-15, apitou 1 jogo do Internacional e 0 jogo do Atlético-PR

Assistente 1: Emerson Augusto de Carvalho (SP)
Assistente 2: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)

Joinville x Fluminense
Árbitro: Emerson Luiz Sobral (PE)
No BR-15, apitou 1 jogo do Joinville e 0 jogo do Fluminense

Assistente 1: Guilherme Dias Camilo (MG)
Assistente 2: Clovis Amaral da Silva (PE)

Atlético-MG x Palmeiras
Árbitro: Sandro Meira Ricci (SC)
No BR-15, apitou 0 jogo do Atlético-MG e 0 jogo do Palmeiras

Assistente 1: Carlos Berkenbrock (SC)
Assistente 2: Eduardo Goncalves da Cruz (MS)

A CBF divulgou, nesta quarta-feira, a escala de arbitragem da 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Diante da avalanche de reclamações sobre árbitros e bandeirinhas nas últimas semanas, o LANCE! preparou um raio-x dos juízes que entrarão em campo nos dez jogos deste fim de semana.

O destaque da escala recém-divulgada fica por conta da ausência dos quatro principais alvos de reclamação na rodada do último fim de semana: os árbitros Bruno Arleu de Araújo (RJ), Igor Benevenuto (MG)* e Marcos André Gomes da Penha (ES) e a assistente Nadine Bastos (SC). Benevenuto, porém, apita a partida entre Fluminense e Paysandu, nesta quinta, pela Copa do Brasil.

Araújo apitou o empate sem gols entre Atlético-PR e Santos, no qual os rubro-negros se queixaram da marcação de um pênalti para o Peixe. Benevenuto, juiz da vitória do Palmeiras por 4 a 2 sobre o Flamengo, no domingo pela manhã, foi alvo de reclamação dos dois clubes por conta de supostos pênaltis não marcados. Penha, árbitro do triunfo de 2 a 1 da Chapecoense sobre o Atlético-MG, foi cobrado por atleticanos em função de um toque de mão no lance do segundo gol alviverde. Por fim, Nadine foi a auxiliar responsável por anular um gol supostamente legal do Avaí na derrota de 2 a 1 do time catarinense para o Corinthians.

No centro de outras polêmicas recentes, os árbitros Luiz Flávio de Oliveira (SP) e Leandro Pedro Vuaden (RS) estão escalados para a 20ª rodada. Na 18ª rodada, Oliveira sinalizou pênalti a favor do Corinthians contra o Sport e recebeu muita reclamação. Na rodada anterior, Vuaden deixou de marcar pênalti para o São Paulo após toque de mão do corintiano Uendel na grande área, no fim do jogo, e foi bastante criticado pelos tricolores. Vale lembrar que tanto o árbitro paulista quando o gaúcho já apitaram outros jogos após esses episódios, ou seja, não ficaram na "geladeira".

Outro árbitro recentemente envolvido em sinalizações duvidosas é Dewson Fernando Freitas da Silva (PA). O paraense foi duramente criticado por atleticanos após a derrota do Galo por 2 a 0 para o Grêmio, na 18ª rodada. O juiz não sinalizou pênalti para os mineiros após toque de mão do zagueiro gremista Erazo na grande área. Ao contrário de Luiz Flávio de Oliveira e Lendro Pedro Vuaden, Silva segue sem ser escalado desde a partida do Mineirão.

Por fim, vale chamar atenção para o fato de que, para a 20ª rodada, a CBF não escalou nenhum árbitro ou assistente que pertença ao mesmo estado ou federação dos clubes envolvidos nas partidas. Para afastar a desconfiança de torcida e imprensa, a entidade havia adotado o sistema de "arbitragem caseira" em diversas partidas do primeiro turno.

* Benevenuto está fora dos trios de arbitragem escalados para a 20ª rodada, mas será quarto árbitro do jogo entre Corinthians e Cruzeiro.

CONFIRA ABAIXO UM RAIO X DA ARBITRAGEM ESCALADA PARA A 20ª RODADA DO BR-15

Santos x Avaí
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
No BR-15, apitou 0 jogo do Santos e 0 jogo do Avaí

Assistente 1: Alessandro A Rocha de Matos (BA)
Assistente 2: Marcelo Bertanha Barison (RS)

Goiás x Vasco
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
No BR-15, apitou 1 jogo do Goiás e 3 jogos do Vasco

Assistente 1: Alex Ang Ribeiro (SP)
Assistente 2: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

Figueirense x Sport
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ)
No BR-15, apitou 1 jogo do Figueirense e 1 jogo do Sport

Assistente 1: Dibert Pedrosa Moises (RJ)
Assistente 2: Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)

Coritiba x Chapecoense
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
No BR-15, apitou 1 jogo do Coritiba e 2 jogos da Chapecoense

Assistente 1: Marcus Vinicius Gomes (MG)
Assistente 2: Marconi Helbert Vieira (MG)

Ponte Preta x Grêmio
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
No BR-15, apitou 1 jogo da Ponte Preta e 0 jogo do Grêmio

Assistente 1: Bruno Boschilia (PR)
Assistente 2: Sidmar dos Santos Meurer (MG)

Corinthians x Cruzeiro
Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (RJ)
No BR-15, apitou 2 jogos do Grêmio e 0 jogo do Corinthians

Assistente 1: Rodrigo F Henrique Correa (RJ)
Assistente 2: Luiz Claudio Regazone (RJ)

Flamengo x São Paulo
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
No BR-15, apitou 2 jogos do Flamengo e 2 jogos do São Paulo

Assistente 1: Fabricio Vilarinho da Silva (GO)
Assistente 2: Fabio Pereira (TO)

Internacional x Atlético-PR
Árbitro: Raphael Claus (SP)
No BR-15, apitou 1 jogo do Internacional e 0 jogo do Atlético-PR

Assistente 1: Emerson Augusto de Carvalho (SP)
Assistente 2: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)

Joinville x Fluminense
Árbitro: Emerson Luiz Sobral (PE)
No BR-15, apitou 1 jogo do Joinville e 0 jogo do Fluminense

Assistente 1: Guilherme Dias Camilo (MG)
Assistente 2: Clovis Amaral da Silva (PE)

Atlético-MG x Palmeiras
Árbitro: Sandro Meira Ricci (SC)
No BR-15, apitou 0 jogo do Atlético-MG e 0 jogo do Palmeiras

Assistente 1: Carlos Berkenbrock (SC)
Assistente 2: Eduardo Goncalves da Cruz (MS)