icons.title signature.placeholder Bruno Quaresma
icons.title signature.placeholder Bruno Quaresma
23/07/2013
20:27

O ex-jogador Pintado pode assumir um cargo no departamento de futebol do São Paulo. Segundo o próprio, ainda não houve uma conversa com Juvenal Juvêncio (presidente) ou Adalberto Baptista (diretor de futebol), mas ele está em contato com a diretoria e que uma definição oficial pode acontecer nesta quarta-feira:

– Eu sou um cara muito próximo do São Paulo, estou sempre por perto. Ainda não tenho nada oficial. Mas acredito que nas próximas horas devem acontecer algumas coisas, vamos aguardar até o jogo.

Pintado estará na noite desta quarta-feira no Morumbi para o jogo contra o Internacional. Campeão das Libertadores de 1992 e 1993, além do Mundial de 1992, ele é um nome que agrada parte da diretoria. Durante o Paulistão deste ano, o ex-volante dirigiu o Penapolense e levou o clube à segunda fase e foi eliminado justamente pelo São Paulo. A campanha fez com que ele fosse cogitado a trabalhar na base, no CT de Cotia.

– Tenho contato sim com a diretoria. Eles estão buscando soluções para algumas dificuldades e acho que é um primeiro passo importante para começar a solucionar os problemas do clube – completou Pintado.

A diretoria são-paulina não confirma o acerto com o ex-jogador do Tricolor. Adalberto Baptista tem sido muito questionado e Juvenal Juvêncio ouve pedidos para demiti-lo.

O ex-jogador Pintado pode assumir um cargo no departamento de futebol do São Paulo. Segundo o próprio, ainda não houve uma conversa com Juvenal Juvêncio (presidente) ou Adalberto Baptista (diretor de futebol), mas ele está em contato com a diretoria e que uma definição oficial pode acontecer nesta quarta-feira:

– Eu sou um cara muito próximo do São Paulo, estou sempre por perto. Ainda não tenho nada oficial. Mas acredito que nas próximas horas devem acontecer algumas coisas, vamos aguardar até o jogo.

Pintado estará na noite desta quarta-feira no Morumbi para o jogo contra o Internacional. Campeão das Libertadores de 1992 e 1993, além do Mundial de 1992, ele é um nome que agrada parte da diretoria. Durante o Paulistão deste ano, o ex-volante dirigiu o Penapolense e levou o clube à segunda fase e foi eliminado justamente pelo São Paulo. A campanha fez com que ele fosse cogitado a trabalhar na base, no CT de Cotia.

– Tenho contato sim com a diretoria. Eles estão buscando soluções para algumas dificuldades e acho que é um primeiro passo importante para começar a solucionar os problemas do clube – completou Pintado.

A diretoria são-paulina não confirma o acerto com o ex-jogador do Tricolor. Adalberto Baptista tem sido muito questionado e Juvenal Juvêncio ouve pedidos para demiti-lo.