icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/12/2013
16:31

O piloto Robson Luiz Kolling, de 35 anos, morreu nesta sexta-feira durante os treinos para as 500 Milhas de Londrina, no Autódromo Ayrton Senna, na cidade paranaense. A informação é do “Jornal de Londrina”.

Segundo a publicação, Robson teria perdido o controle na curva logo após a reta de largada e batido o protótipo que dirigia contra uma das muretas de proteção. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu na hora.

Ainda segundo a reportagem, o carro será encaminhado para perícia para identificar se o acidente ocorreu por uma falha mecânica ou erro do piloto.

Em entrevista ao jornal, Beto Tino, diretor da prova, informou que que todos os pilotos que participaram do treino estavam usando todos os itens de segurança exigidos pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA). Na avaliação do diretor da prova, o acidente foi uma fatalidade.

A prova, que está em sua 22ª edição, está marcada para este sábado, com largada às 16h. Entre os participantes da prova com carros de turismo estão Enrique Bernoldi, ex-piloto da Fórmula 1, e Xandy Negrão.

– Vamos fazer um minuto de silêncio na formação do grid para prestar homenagem ao piloto – afirmou Tino.