icons.title signature.placeholder David Nascimento
29/11/2014
10:02

A diretoria do Flamengo foi surpreendida por seus patrocinadores na quinta-feira. A Peugeot, que assinou no início de 2013 um contrato de três anos com o Rubro-Negro, alegou dificuldades financeiras e pediu a redução do valor do patrocínio para 2015: de R$ 10 milhões programados para R$ 5 milhões. Por isso, vai assumir as mangas do uniforme, hoje com a Viton 44, que estampa a Guaravita e ocupará, a partir de janeiro, as costas. Neste caso, o valor do patrocínio passará de R$ 5 milhões para R$ 9 milhões, fazendo com que o clube tenha uma perda de R$ 1 milhão no montante obtido na camisa.

Em contato com o LANCE!Net, Neville Proa, presidente da Viton 44, afirmou que existe negociação para a mudança de posição da marca da empresa na camisa do Flamengo a partir de 2015, mas ainda não confirmou que trocará de lugar com a Peugeot. Proa também preferiu não comentar sobre os valores.

– Estamos costurando o acordo. Não está confirmado ainda, mas temos essa ideia de mudar de posição na camisa do Flamengo. Fizemos a proposta e vamos esperar o que vai acontecer. A negociação sempre está sendo mexida, é pedido daqui, pedido de lá, e por aí vai – afirmou.

Com isto, por ora, o Flamengo em 2015 receberá a quantia de R$ 80 milhões. O contrato do clube com a Adidas rende R$ 38 milhões por ano, com a Caixa o valor anual é de R$ 25 milhões, com a Tim é de R$ 3 milhões, com a Peugeot passará a ser de R$ 5 milhões e a Viton 44, R$ 9 milhões.