icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/07/2013
11:22

Após 3 anos, Anthony Pettis e Ben Henderson se enfrentam pela segunda vez, no UFC 164. Os americanos já protagonizaram uma luta histórica no WEC, quando Pettis tomou o cinturão de Bendo na extinta organização. De lá para cá, o atual campeão da categoria peso leve do UFC, venceu todas as sete lutas que fez e vai para a quarta defesa de cinturão. Do outro lado, o desafiante vem de quatro vitórias seguidas e dois prêmios consecutivos de "Nocaute da noite". Em entrevista ao site americano "MMAjunkie.com", o "Showtime" comentou sobre como pretende tirar outro título de Ben Henderson.

- Tenho certeza que ele está esperando uma luta de cinco rounds. Ele é o campeão e sabe que precisa vencer os rounds para manter o cinturão. GSP faz a mesma coisa. Esses caras são lutadores inteligentes. Estou esperando que ele faça o que tem feito. Ele vai vir e fazer o suficiente para vencer os rounds e manter o título. Esse é o plano de jogo dele, mas nunca o meu. Estou sempre procurando finalizar a luta - declarou Pettis.

O "Showtime" ainda fez algumas críticas sobre esse estilo de Ben Henderson procurar suas vitórias por decisão dos juízes, e citou Anderon Silva como um dos melhores de todos os tempos do MMA.

- Eu não sou fã desse estilo de luta (do Ben Henderson). Eu nunca nem tentaria fazer isso. É como se você manipulasse as regras do jogo para manter o título. Por exemlo, se você olhar para Anderson Silva, ele foi nocauteado na última luta, mas eu penso que ele é verdadeiramente o melhor porque ele finalizou caras de elite, e ele faz isso de forma impressionante. Ele não tenta ficar em cima de você o tempo todo para vencer os rounds. Ele está lá para lutar - completou o desafiante.

Ben Henderson e Anthony Pettis disputam cinturão dos leves no UFC 164 (FOTO: Divulgação)


Apesar de as últimas quatro vitórias de Bendo terem sido por decisão, Anthony Pettis o derrotou 2010, por decisão unânime dos juízes numa luta de cinco rounds. O treinador do "Showtime", Duke Roufus, também analisou se o jogo do atual campeão, atrapalha ou favorece à estratégia de seu pupilo.

- Honestamente eu penso que se encaixa bem com o estilo do Anthony. Acho que Ben tem feito um trabalho incrível protegendo seu cinturão, mas Pettis está fazendo um trabalho fantástico em atacar para vencer. Têm duas estratégias para essa luta. Você pode proteger para vencer, mas aí ganhará várias lutas apertadas ou até mesmo consideradas controversas, ou você pode evitar que o resultado vá para as mãos dos juízes, buscando finalizar a luta, que é o que Anthony tem procurado fazer - afirmou Roufus.

O primeiro confronto entre os dois lutadores também ficou marcado pelo famoso "Showtime Kick", no qual Pettis caminhou pela grade e acertou um chute na cabeça de Bendo, aplicando um knock down. Segundo Roufus, a grande repercussão desse chute também mexe com o psicológico do campeão para a revanche.

- Você está preocupado em levar um "Showtime Kick" de novo, na frente de Deus e o mundo? Está preocupado em levar um chute na cabeça? Essa é uma grande vantagem para Anthony, mas ele está trabalhando muito forte para não se acomodar às glórias de sua última vitória. É muito duro derrotar alguem duas vezes, e Ben tem estado na melhor forma desde aquela luta. Ele (Bendo) deve estar emocionalmente conectado ao confronto e estará muito bem preparado, com a estratégia mais segura para bater Pettis - relatou Duke Roufus.

Anthony Pettis enfrentaria o brasileiro José Aldo pelo cinturão dos pesos-penas no UFC 163, mas uma lesão no joelho acabou tirando o americano do evento. Um mês depois, quem se machucou foi o canadense T.J. Grant, e o "Showtime" o substituiu para enfrentar Bendo pelo cinturão dos leves. "Henderson vs Pettis" está marcado para o UFC 164, no dia 31 de agosto, em Milwaukee, cidade natal do desafiante.

Confira as lutas do UFC 164:
Card principal
Ben Henderson x Anthony Pettis
Josh Barnett x Frank Mir
Chad Mendes x Clay Guida
Dustin Poirier x Erik Koch
Louis Gaudinot x Tim Elliott
Card preliminar
Ben Rothwell x Brandon Vera
Soa Palelei x Nikita Krylov
Chico Camus x Kyung Ho Kang
Pascal Krauss x Hyun Gyu Lim
Jamie Varner x Gleison Tibau
Quinn Mulhern x Ryan Couture
Derek Brunson x Yoel Romero
Jared Hamman x Magnus Cedenblad

 

Após 3 anos, Anthony Pettis e Ben Henderson se enfrentam pela segunda vez, no UFC 164. Os americanos já protagonizaram uma luta histórica no WEC, quando Pettis tomou o cinturão de Bendo na extinta organização. De lá para cá, o atual campeão da categoria peso leve do UFC, venceu todas as sete lutas que fez e vai para a quarta defesa de cinturão. Do outro lado, o desafiante vem de quatro vitórias seguidas e dois prêmios consecutivos de "Nocaute da noite". Em entrevista ao site americano "MMAjunkie.com", o "Showtime" comentou sobre como pretende tirar outro título de Ben Henderson.

- Tenho certeza que ele está esperando uma luta de cinco rounds. Ele é o campeão e sabe que precisa vencer os rounds para manter o cinturão. GSP faz a mesma coisa. Esses caras são lutadores inteligentes. Estou esperando que ele faça o que tem feito. Ele vai vir e fazer o suficiente para vencer os rounds e manter o título. Esse é o plano de jogo dele, mas nunca o meu. Estou sempre procurando finalizar a luta - declarou Pettis.

O "Showtime" ainda fez algumas críticas sobre esse estilo de Ben Henderson procurar suas vitórias por decisão dos juízes, e citou Anderon Silva como um dos melhores de todos os tempos do MMA.

- Eu não sou fã desse estilo de luta (do Ben Henderson). Eu nunca nem tentaria fazer isso. É como se você manipulasse as regras do jogo para manter o título. Por exemlo, se você olhar para Anderson Silva, ele foi nocauteado na última luta, mas eu penso que ele é verdadeiramente o melhor porque ele finalizou caras de elite, e ele faz isso de forma impressionante. Ele não tenta ficar em cima de você o tempo todo para vencer os rounds. Ele está lá para lutar - completou o desafiante.

Ben Henderson e Anthony Pettis disputam cinturão dos leves no UFC 164 (FOTO: Divulgação)


Apesar de as últimas quatro vitórias de Bendo terem sido por decisão, Anthony Pettis o derrotou 2010, por decisão unânime dos juízes numa luta de cinco rounds. O treinador do "Showtime", Duke Roufus, também analisou se o jogo do atual campeão, atrapalha ou favorece à estratégia de seu pupilo.

- Honestamente eu penso que se encaixa bem com o estilo do Anthony. Acho que Ben tem feito um trabalho incrível protegendo seu cinturão, mas Pettis está fazendo um trabalho fantástico em atacar para vencer. Têm duas estratégias para essa luta. Você pode proteger para vencer, mas aí ganhará várias lutas apertadas ou até mesmo consideradas controversas, ou você pode evitar que o resultado vá para as mãos dos juízes, buscando finalizar a luta, que é o que Anthony tem procurado fazer - afirmou Roufus.

O primeiro confronto entre os dois lutadores também ficou marcado pelo famoso "Showtime Kick", no qual Pettis caminhou pela grade e acertou um chute na cabeça de Bendo, aplicando um knock down. Segundo Roufus, a grande repercussão desse chute também mexe com o psicológico do campeão para a revanche.

- Você está preocupado em levar um "Showtime Kick" de novo, na frente de Deus e o mundo? Está preocupado em levar um chute na cabeça? Essa é uma grande vantagem para Anthony, mas ele está trabalhando muito forte para não se acomodar às glórias de sua última vitória. É muito duro derrotar alguem duas vezes, e Ben tem estado na melhor forma desde aquela luta. Ele (Bendo) deve estar emocionalmente conectado ao confronto e estará muito bem preparado, com a estratégia mais segura para bater Pettis - relatou Duke Roufus.

Anthony Pettis enfrentaria o brasileiro José Aldo pelo cinturão dos pesos-penas no UFC 163, mas uma lesão no joelho acabou tirando o americano do evento. Um mês depois, quem se machucou foi o canadense T.J. Grant, e o "Showtime" o substituiu para enfrentar Bendo pelo cinturão dos leves. "Henderson vs Pettis" está marcado para o UFC 164, no dia 31 de agosto, em Milwaukee, cidade natal do desafiante.

Confira as lutas do UFC 164:
Card principal
Ben Henderson x Anthony Pettis
Josh Barnett x Frank Mir
Chad Mendes x Clay Guida
Dustin Poirier x Erik Koch
Louis Gaudinot x Tim Elliott
Card preliminar
Ben Rothwell x Brandon Vera
Soa Palelei x Nikita Krylov
Chico Camus x Kyung Ho Kang
Pascal Krauss x Hyun Gyu Lim
Jamie Varner x Gleison Tibau
Quinn Mulhern x Ryan Couture
Derek Brunson x Yoel Romero
Jared Hamman x Magnus Cedenblad