icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/07/2014
16:30

Um dos destaques do Corinthians antes e durante a pausa do futebol nacional para a realização da Copa do Mundo, Petros não viveu neste sábado o melhor de seus dias com a camisa do Timão. Homem de confiança do técnico Mano Menezes, o meia teve atuação abaixo da média na primeira parte do jogo-treino disputado no CT Joaquim Grava, e acabou levando uma dura bronca de Mano Menezes no intervalo da atividade.

Com excessivos erros de passes, posse de bola e marcação, Petros já havia ouvido reclamações de Mano, vindas da beira do gramado, ainda com a bola rolando para os primeiros 30 minutos de partida contra o Audax. Durante o intervalo, o treinador, em meio a demais jogadores, mostrou-se irritado e pediu mais atenção a seus comandados – em especial ao camisa 40.

Após a bronca, Petros "se redimiu" e, ao longo dos 30 minutos finais em que os titulares estiveram em campo no jogo-treino, foi um dos melhores atletas do Corinthians. Peça fundamental no esquema tático 4-2-3-1 de Mano – fazendo a linha de três no meio de campo com Jadson e Luciano –, o meia trocou de papel com o camisa 18 e passou a fazer companhia a Guerrero nas principais jogadas de ataque do Timão.

No Timão desde o término do Paulistão, quando se destacou com a camisa do Penapolense, Petros rapidamente conquistou seu lugar entre os titulares de Mano. Com oito rodadas disputas no Campeonato Brasileiro, o camisa 40 alvinegro é o líder de desarmes da competição com 43 roubadas de bola.