icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/11/2014
21:58

Os últimos dias da seleção espanhola foram bem agitados por conta das ausências do volante Fàbregas e do atacante Diego Costa. O primeiro, cortado por uma lesão muscular. O segundo, de acordo com o técnico Vicente Del Bosque, para evitar lesões. Nesta quarta-feira, o zagueiro Sergio Ramos, um dos líderes da Fúria, falou sobre o assunto e deu até uma cutucada nos companheiros.

- Gostaria que os jogadores tivessem com a seleção o mesmo compromisso que assumem com os clubes. No meu caso, às vezes, joguei com dores. Existe uma diferença entre falar o que você sente e o que na verdade você tem. Mas os desconfortos dependem de cada um - afirmou Ramos.

Em seguida, Ramos deu uma amenizada na crítica.

E MAIS

HOME: Veja as últimas notícias do futebol internacional
Mourinho avisou... Fàbregas é cortado da Espanha

- É difícil estipular normas. É preciso tato para manejar uma situação difícil e não deixar dúvidas. O chefe é Vicente Del Bosque. Ele que faz o acordo com os jogadores - completou.

Recentemente, o treinador da seleção e e José Mourinho, técnico do Chelsea, acabaram protagonizando uma polêmica, mas envolvendo Diego Costa. O técnico do Chelsea queria dar um descanso ao atacante já há algum tempo, mas o treinador da Espanha sempre o vinha convocando, culminando em críticas do português. Para os próximos jogos, o hispano-brasileiro não foi lembrado.

Em seguida, Mourinho adiantou que Fàbregas não poderia defender a Fúria em suas próximas partidas. Na terça, ele fez exames que apontaram uma lesão e acabou substituído por Soriano, do Villarreal.

A Espanha enfrenta a Bielorrússia pelas Eliminatórias da Eurocopa no próximo dia 15 de novembro, em Huelva, e depois pega a Alemanha em Vigo no dia 18, em amistoso.