icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/06/2014
20:03

A direção do Grande Prêmio do Canadá chegou à conclusão de que o mexicano Sérgio Pérez foi o responsável pela batida envolvendo o brasileiro Felipe Massa neste domingo, na última volta da corrida no Circuito Gilles Villeneuve. Em razão do acidente, o mexicano perderá cinco posições no grip do GP da Áustria, no dia 22 de junho.

Massa e Pérez brigavam pela quarta colocação até os momentos finais da corrida, vencida pelo australiano Daniel Ricciardo. Os comissários identificaram uma mudança na linha de direção do piloto da Force India para a esquerda na entrada da curva. Tanto ele quanto o brasileiro foram encaminhados para um hospital, mas passam bem.

Massa teve bom desempenho na pista canadense e deu esperanças de pódio durante quase toda a corrida. Momentos antes do acidente, ele apresentava melhores condições do que Pérez, que enfrentava problemas no freio, e tentava ultrapassá-lo quando tudo aconteceu. Em alta velocidade, o brasileiro atingiu a traseira do mexicano.

Outro que recebeu punição foi o inglês Max Chilton, da Marussia, que colidiu com o francês Jules Bianchi, seu companheiro de equipe. Por causa do acidente, ele perderá três posições no grid na Áustria.