icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/11/2014
10:00

Postulantes a uma das quatro vagas que levam à Libertadores do ano que vem, Internacional e Atlético-MG duelam pela primeira vez no novo Beira-Rio. A partida vale uma vaga no G-4 do Brasileiro, já que o vencedor do jogo irá terminar a rodada garantido na primeira prateleira da tabela. O clima para o confronto, no entanto, é um pouco diferente nas duas equipes. Apesar do objetivo de vitória em ambos os lados, o foco momentâneo de um não é necessariamente o do outro. Enquanto o Inter aposta todas as suas forças no duelo com cara de decisão, o Atlético-MG chega ao sul sem pisar no acelerador, se resguardando para a grande final da Copa do Brasil, diante do Cruzeiro, no meio de semana.

Só vale a vitória para o Inter

Promoção de ingressos e projeção de Beira-Rio lotado na noite deste sábado. O clima é de decisão para o colorado. A equipe poderia ter acabado a 35ª rodada em sexto e com três pontos atrás do rival Grêmio. A vitória do Cruzeiro na Arena, contudo, deixou o Inter no G5. Dependendo desta rodada, a equipe da casa pode terminar o final de semana até em terceiro lugar.

Em campo, Abel tem o que comemorar. O treinador poderá contar novamente com os meio-campistas Alex e Aránguiz. Na defesa, Fabrício retorna. Alan, que saiu da vitória sobre o Goiás, joga. Willians também deve se manter como titular, mesmo com dores. Por outro lado, Alan Patrick e Nilmar estão fora. Jorge Henrique e Rafael Moura formam o ataque.

- Perdemos muitos jogos que não merecíamos perder. E outros por bobeira nossa, desconcentração. Mesmo quando ocorreu, nunca lamentei as ausências. Em momento nenhum. Fico feliz que eu tenho jogadores de volta. Tenho um leque melhor - destacou o treinador.

Com um olho na Raposa, Galo vai precavido

Embora a vaga na Libertadores do ano que vem não esteja totalmente assegurada, o Atlético-MG não vai contar com seus principais jogadores no Beira-Rio. Pelo menos nos minutos iniciais de partida. Com os olhares voltados lá na quarta-feira, data da final contra o Cruzeiro, Levir deixará seus titulares no banco, lançando, como de costume, apenas o goleiro Victor na equipe que começa o jogo.

- No jogo passado fizemos isso e quando estávamos perdendo para o Figueirense usei alguns titulares. Não queremos acarretar problemas na partida decisiva contra o Cruzeiro - falou o treinador.

Um dos principais jogadores do Galo, Luan sequer viajou com o grupo. Outros atletas poderão receber uma oportunidade ao longo do jogo, como é o caso de Diego Tardelli e Dátolo, que entrou na segunda etapa diante do Figueirense, partida que Levir usou a mesma estratégia.

No time principal, cinco jovens criados na base do clube. Dentre eles, o meia Daniel, que fará sua estreia na equipe profissional.

INTERNACIONAL x ATLÉTICO-MG

Data/Hora: 22/11/2014, às 19h30 (horário de Brasília)
Local: Beira Rio, Porto Alegre
Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez - RJ (FIFA)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Gilberto Stina Pereira (RJ)

INTERNACIONAL: Alisson; Wellington Silva, Alan, Ernando e Fabrício; Willians, Aránguiz, Alex, D'Alessandro, Jorge Henrique; Rafael Moura. Técnico: Abel Braga.

ATLÉTICO-MG: Victor; Alex Silva, Edcarlos, Tiago e Pedro Botelho; Pierre, Josué, Eduardo e Daniel; Dodô e Marion. Técnico: Levir Culpi.