icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/04/2014
14:12

A Sporting Statues Project, especializada em informações sobre estátuas relacionadas ao esporte, divulgou o estudo de pesquisadores da Universidade de Sheffield, no Reino Unido, que fizeram o primeiro levantamento de estátuas de jogadores de futebol do mundo. Os estudiosos revelaram outra prova da fixação mundial com o esporte pesquisando os mais de 350 monumentos em homenagem a futebolistas. Pelé é o atleta mais lembrado, e o Brasil é um dos países que mais "eterniza" os ídolos.

Foram encontradas estátuas de futebolistas em 56 países diferentes, para cerca de 300 atletas diferentes, e 125 são de jogadores anônimos. Seis obras já foram esculpidas lembrando Pelé, o mais homenageado entre os jogadores de futebol. A Inglaterra lidera o ranking mundial, com 80 estátuas, e outros países também tradicionais no esporte, como Espanha, Holanda e o próprio Brasil, se destacam com mais de 20 monumentos erguidos em cada um.

O recorde de estátuas dedicadas a um atleta é de Pelé, com seis no total (Foto: Chistophe Simon/AFP)


Todos os dados serão publicados no site Sportingstatues.com, ainda neste mês, com informações como origem, mapas, autores das obras e os escritos nas estátuas. A equipe de pesquisadores do projeto, que durou três anos, foi liderada pelo Dr. Chris Stride, que falou sobre algumas das descobertas:

- Quase 95 por cento das estátuas de futebol foram criadas desde 1990, e mais da metade na última década, mostrando ser um fenômeno em grande parte moderna. As principais razões para este aumento são as estratégias de marketing de clubes de futebol com base na marca através de nostalgia e autenticidade, juntamente com o desejo de fãs para projetar a identidade distinta do seu time em um jogo cada vez mais globalizado - disse.