icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/11/2014
23:45

Após ser o palco do primeiro jogo da final da Copa do Brasil na última quarta-feira, a Arena Independência voltou a receber o América-MG nesta sexta, no confronto diante do Avaí, em duelo direto pelo acesso para a Série A do Brasileirão. Decidindo o jogo no segundo tempo, o Coelho bateu os visitantes por 3 a 0, com gols de Adalberto, Obina e Willians, em resultado que fez o time mineiro chegar aos 52 pontos, ficando a apenas um de distância para o Boa Esporte, clube que abre o G4 da Série B. 

Na primeira etapa, o Avaí teve diversas chances para matar a partida e reencontrar o caminho das vitórias. Já são seis jogos sem saber o que é triunfar. Em dois minutos, aos 40 e 42, o Leão catarinense teve as oportunidades para marcar. Primeiro com o meia Marquinhos, que aproveitou a trapalhada de João Ricardo e deixou Roberto na cara do gol, mas o atacante pegou mal e desperdiçou grande chance. Depois, novamente o camisa 10 deixou outro companheiro em boas condições, desta vez Anderson Lopes, e, na hora da conclusão, o atacante repetiu o companheiro e perdeu.

O jogo foi decidido na segunda etapa, quando o Coelho resolveu jogar e tomou conta da partida. Logo aos dois minutos, Gilson cobrou falta fechada na área, o zagueiro Adalberto se antecipou e raspou de cabeça, abrindo o placar do duelo. Ampliando a vantagem, o artilheiro Obina sofreu pênalti cometido por Eduardo Costa - ele mesmo bateu e fez o segundo do América-MG na partida. Mais tarde, Obina foi expulso. Mesmo com um a menos, os donos da casa não diminuíram o ritmo. Aos 26, Willians recebeu lindo passe de Renan Oliveira, tocou na saída de Vágner e fechou o placar na Arena Independência. 

Agora com 52 pontos, o América-MG ocupa a sétima colocação e vai enfrentar o Luverdense em seu próximo compromisso. Já o Avaí, que perdeu a chance de dormir no G4, segue com 53 pontos, na quinta posição, e recebe a Portuguesa, em partida válida pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B.