icons.title signature.placeholder Bruno Braz
icons.title signature.placeholder Bruno Braz
17/07/2013
08:02

Pedro Ken já teve o privilégio de conhecer o novo Maracanã. Porém, não foi de chuteiras e uniforme que o apoiador esteve no Maior do Mundo. O jogador aproveitou as partidas da Seleção Brasileira no local para admirar a modernidade do místico estádio. Ele esteve presente no amistoso contra a Inglaterra, onde houve empate em 2 a 2, e na final da Copa das Confederações, quando o Brasil bateu a Espanha por 3 a 0 e ficou com o título.

- O Maracanã mudou bastante. Não parece que você está no Maracanã de antigamente. Está muito mais moderno, as arquibancadas muito mais próximas do campo. Antigamente, ficava mais longe, agora está pertinho, fica um caldeirão ainda maior. É o Maracanã, mesmo mudado - diz.

Pedro Ken, no entanto, já teve o gostinho de atuar em algumas oportunidades no Maior do Mundo. Pelo Coritiba, em 2010, teve uma grande atuação, dando assistência para dois gols na vitória do Coxa por 3 a 1 sobre o Fluminense.

- Com certeza é uma das marcas para se ter na carreira jogar num estádio como esse. Quem jogou, sabe. Com certeza valoriza. O Maracanã é um estádio que todo moleque que quer ser jogador quer atuar. Realmente é diferente quando você entra no estádio. Tem uma magia - destaca.

O vascaíno acredita que toda a infraestrutura que o novo Maracanã dispõe facilitará um melhor um desempenho dos atletas.

- Com certeza faz diferença isso. O gramado, as dependências, o vestiário... Eleva o nível do futebol brasileiro e até do próprio jogo em si. A tendência é a de que o jogo melhore - ressalta.

Pedro Ken tem sido titular do Gigante da Colina e foi o jogador que mais atuou na temporada pelo Cruz-maltino até aqui.

Pedro Ken já teve o privilégio de conhecer o novo Maracanã. Porém, não foi de chuteiras e uniforme que o apoiador esteve no Maior do Mundo. O jogador aproveitou as partidas da Seleção Brasileira no local para admirar a modernidade do místico estádio. Ele esteve presente no amistoso contra a Inglaterra, onde houve empate em 2 a 2, e na final da Copa das Confederações, quando o Brasil bateu a Espanha por 3 a 0 e ficou com o título.

- O Maracanã mudou bastante. Não parece que você está no Maracanã de antigamente. Está muito mais moderno, as arquibancadas muito mais próximas do campo. Antigamente, ficava mais longe, agora está pertinho, fica um caldeirão ainda maior. É o Maracanã, mesmo mudado - diz.

Pedro Ken, no entanto, já teve o gostinho de atuar em algumas oportunidades no Maior do Mundo. Pelo Coritiba, em 2010, teve uma grande atuação, dando assistência para dois gols na vitória do Coxa por 3 a 1 sobre o Fluminense.

- Com certeza é uma das marcas para se ter na carreira jogar num estádio como esse. Quem jogou, sabe. Com certeza valoriza. O Maracanã é um estádio que todo moleque que quer ser jogador quer atuar. Realmente é diferente quando você entra no estádio. Tem uma magia - destaca.

O vascaíno acredita que toda a infraestrutura que o novo Maracanã dispõe facilitará um melhor um desempenho dos atletas.

- Com certeza faz diferença isso. O gramado, as dependências, o vestiário... Eleva o nível do futebol brasileiro e até do próprio jogo em si. A tendência é a de que o jogo melhore - ressalta.

Pedro Ken tem sido titular do Gigante da Colina e foi o jogador que mais atuou na temporada pelo Cruz-maltino até aqui.