icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/06/2014
19:33

A surpreendente derrota de Renan Barão na disputa de cinturão contra TJ Dillashaw, no UFC 173, que aconteceu no último dia 24 de maio, abalou boa parte do público brasileiro, que viu o país perder um título dentro do evento e se contentar agora apenas com a posição de José Aldo nos penas.

Duas semanas após o revés, o site oficial do Ultimate divulgou um breve vídeo onde Dedé Pederneiras fala sobre o resultado negativo de seu pupilo. O treinador fez questão de tirar o peso da derrota das costas de Renan Barão. Segundo ele, se alguém tem de ser culpado pelo desfecho do confronto deve ser ele mesmo.

- O TJ veio com uma estratégia boa e conseguiu se impôr. O knockdown no primeiro round definiu o resultado da luta. Se alguém errou, não foi o Barão. Talvez tenha sido eu, como treinador. São coisas que acontecem e vão acontecer com todo mundo - avaliou o líder da Nova União.

Após as palavras de seu mestre, Barão, ainda com o rosto machucado nos dias seguinte ao combate, reforçou seu desejo de que o reencontro com o americano aconteça logo.

- Sei que posso vencer o Dillashaw. Ele estava no dia dele. Acho que tenho muito mais jogo e espero que seja uma revanche imediata agora. Mas, se tiver que lutar uma vez antes da minha chance, não tem problema nenhum - ponderou.