icons.title signature.placeholder RNL/LANCEPRESS!
17/11/2014
20:06

Um dos homens de confiança de Mazola Júnior desde o primeiro semestre deste ano, o meia Marcos Paraná não poderá participar da grande decisão da Série C do Campeonato Brasileiro, no Mangueirão, por conta da expulsão “infantil” no jogo de ida contra o Macaé-RJ (1 a 1, fora de casa). Em entrevista coletiva durante o desembarque da delegação bicolor em Belém, o treinador reconheceu o erro do atleta, que foi expulso no banco de reservas por reclamar de uma cotovelada sofrida pelo zagueiro Charles em uma disputa de bola na defesa bicolor.

- Ser expulso no banco de reservas é inadmissível para um atleta profissional. E o (Marcos) Paraná conseguiu ser expulso num lance muito infantil, pois não tinha nada que reclamar daquela forma, principalmente depois que já havia recebido o cartão amarelo, criticou Mazola ao "O Liberal".

Ele também perdeu o zagueiro Charles, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e ainda não sabe se poderá contar com o meia Héverton, com uma lesão no joelho esquerdo, para a partida de volta.

Apesar dos dois desfalques confirmados e da possibilidade de ficar sem seu principal homem de ligação, a situação não preocupa o treinador bicolor. Pelo contrário, usando o discurso de “não lamentar a ausência e valorizar quem entra”, como já havia feito em outras ocasiões, Mazola Júnior tratou de dar força a quem for escolhido como substituto dos titulares.