icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/07/2014
21:26

Titular do gol rubro-negro com a chegada do técnico Vanderlei Luxemburgo, Paulo Victor exaltou a paciência para assumir a posição que vinha sendo defendida por Felipe, coincidentemente, desde a última passagem de Luxa no Fla, em 2011. Principalmente a boa atuação que teve contra o Botafogo, no último domingo.

- Na vida nada é fácil, temos de trabalhar, mas o goleiro tem de ter paciência. Não sou lateral, só jogo na área a só joga um nesta posição. Temos de saber esperar o momento certo, pois quando aparecer temos de corresponder - lembrou o camisa 48, que ainda salientou o relacionamento com Felipe após o arqueiro virar a terceira opção de Vanderlei.

- Conversamos no dia a dia dentro do trabalho. Claro que a vontade de todos é sempre jogar, mas temos de respeitar sempre, ainda mais porque já fiquei no banco em outras situções. Sempre trabalhei e não podemos ficar tristes. Trabalhando, as coisas podem voltar para você e as coisas favorecem.

Nesta temporada, o camisa 48 entrou em campo em sete vezes, e sofreu apenas quatro gols. Já Felipe, atuou em 29 jogos, com 42 tentos sofridos.