icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/07/2014
00:10

A volta do Criciúma ao Campeonato Brasileiro foi com vitória, mas se engana quem pensa que o time teve tranquilidade. O Tigre abriu 3 a 0 de vantagem, mas terminou o jogo no sufoco, sofrendo para segurar o Fluminense que quase buscou o resultado. A partida terminou com a vitória do Auri-negro por 3 a 2.

O pilar da equipe do Tigre, o veterano Paulo Baier foi o melhor jogador do Criciúma na partida, e analisou o resultado ao final do jogo.

- Foi no sufoco, abrimos 3 a 0 e não tivemos tranquilidade para administrar o placar. Vamos levar os três pontos e o aprendizado para trabalharmos com mais tranquilidade para não voltarmos a passar um sufoco desses - disse o camisa 10 do Tigre.

Ao ser questionado se havia mesmo sofrido o pênalti, Baier disse que recebeu o toque, e que na opinião dele, o pênalti foi bem marcado.

- Eu não tropecei na bola, se você olhar a imagem da para ver um toque do defensor deles em mim. O árbitro estava bem posicionado e marcou o pênalti acertadamente - encerrou Paulo Baier.