icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/07/2014
17:21

Aos 39 anos de idade, Paulo Baier ainda não pensa em se aposentar. O experiente meia, camisa 10 e capitão do Criciúma, garantiuque os torcedores carvoeiros terão a oportunidade de vê-lo jogar por mais dois anos.

- Por enquanto, ainda não penso em parar. Tenho projeção, mas minha intenção é jogar esse ano e o próximo - revelou ao ser questionado se iria deixar o futebol no fim desta temporada em entrevista ao "Diário Catarinense".

Na última partida do Tigre, Baier foi o cara do jogo. O jogador cavou um pênalti e marcou dois gols na vitória por 3 a 2 contra o Fluminense na quarta-feira. Segundo o atleta tricolor, o bom resultado na retomada do Campeonato Brasileiro foi uma "homenagem" aos torcedores carvoeiros.

- Até antes de entrar em campo eu disse que o time é envolvido pela cidade de Criciúma. E nós precisamos dar uma alegria para o nosso torcedor sair de casa com a camisa da equipe, vestí-la no trabalho. Acho que era um motivo de orgulho para dar uma vitória para o nosso torcedor. Acho que, ao vencer o Fluminense, que era até então o vice-líder do Brasileiro, conseguimos fazer uma homenagem bacana para eles - afirmou.

LEIA MAIS:
> Eduardo destaca companheirismo como 'essência' do Criciúma
> Cortez revela motivação especial para vitória do Criciúma sobre o Fluminense
> Wagner Lopes valoriza 'espírito de luta' do Criciúma contra o Fluminense

Já de olho no próximo compromisso da equipe catarinense, contra o Atlético-PR, Paulo Baier destacou que a expectativa é de fazer uma partida ainda melhor que a anterior:

- A gente procura fazer sempre uma partida melhor que a outra. Às vezes a circunstância do adversário é totalmente diferente. A gente procura sempre mudar, trabalhar, fazer uma proposta de jogo. E cada partida é diferente da outra. O objetivo maior é sempre buscar a vitória. Independente se você joga com uma estratégia ou outra, o objetivo é sempre vencer.

A partida do Criciúma contra o Furacão, válida pela 11ª rodada do Brasileirão, será neste próximo domingo, às 18h30, na Arena da Baixada.