icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/11/2013
12:17

O zagueiro brasileiro Paulão, que foi alvo de racismo, durante a derrota de sua equipe, o Betis, para o Sevilla por 4 a 0, não quis comentar o episódio após a partida. O defensor, inclusive, pediu desculpas à torcida pelas suas falhas.

- Peço perdão à torcida e aos meus companheiros, sou o responsável. Perdemos por minha culpa. Eu tinha um cartão e a vontade de vencer me atrapalhou. O único que posso fazer é pedir perdão, porque não me lembrava de já ter recebido um cartão amarelo - disse Paulão na zona mista, logo após o término do clássico.

O episódio envolvendo Paulão ocorreu neste domingo. O zagueiro foi expulso aos 41 minutos do primeiro tempo. Enquanto deixava o campo, a própria torcida do time do brasileiro começou a imitar macaco para ofendê-lo. O jogador deixou o campo chorando.