icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/04/2014
10:12

Velocidade ou experiência. Essa é, basicamente, a dúvida o Internacional para o jogo com o Botafogo, neste domingo, às 16h, no Maracanã. Sem saber se contará com Alex - a situação deve se definir na tarde desta quinta-feira - o técnico Abel Braga tem o jovem Valdívia como opção para substituir o camisa 12.

Foi o garoto que treinou em gramado reduzido com outros seis titulares no treino desta quarta. Nada que indicasse o time para domingo. Mas um indício. Já no duelo com o Peñarol, na reabertura do Beira-Rio, quando Alex não pode atuar, Valdívia foi o escolhido. O dublê do palmeirense sofreu o pênalti convertido por D'Alessandro e que deu a vitória ao Colorado.

- Não há nada resolvido. Acho que o time ganharia em velocidade, mas a presençaa do Alex é fundamental. Ele é experiente, cresce neste tipo de jogo. O que ele vem sentindo acho que não é nada grave. Acho que ele estará conosco amanhã (hoje). É um jogador experiente, e entra um jogador mais velocidade. O Alex é mais cadenciado, tem um bom chute. Mas essa dor de cabeça eu deixo para o Abel - comentou o zagueiro Paulão.

A tendência, porém, é que Alex jogue. O treinamento da tarde desta quinta-feira é definitivo para quem jogará no domingo. Abelão já deixou isso claro que trabalha com esse conceito em outras oportunidades. O trabalho, que estava marcado para a manhã, foi adiado para o período da tarde. Algumas horas a mais para que Alex se recupere das dores na coxa direita.

Nesta quarta, o experiente correu no gramado do CT. Ainda depois do jogo com o Vitória, quando ele foi substituído, os médicos afirmavam que a chance de Alex jogar contra o Botafogo era grande.

O Colorado já não contará com Gilberto para o duelo com os cariocas. O lateral-direito está emprestado pelo Fogão e não pode jogar por isso. Cláudio Winck vai para sua segunda partida consecutiva como titular.