icons.title signature.placeholder João Pires
20/12/2013
09:01

O Brasília Vôlei está em sua primeira temporada como participante na Superliga, mas já aposta em grandes atletas para obter um bom resultado. Bicampeã olímpica com a Seleção Brasileira, a ponteira Paula Pequeno vê a parceria com as veteranas Elisângela, Érika Coimbra e Dani Scott como saudável para o time da capital.

- A experiência ajuda nos momentos difíceis para conseguir manter a equipe equilibrada, principalmente psicologicamente, em qualquer situação, na derrota ou na vitória. E Não atrapalha em nada, é bom jogar ao lado de jogadoras experientes. O importante é a administração da carga de treinamento por parte da comissão como prevenção - falou Paula, de 31 anos.

Natural de Brasília, Paula vive um momento especial por defender a sua cidade natal na Superliga e espera que a experiência do quarteto venha a ser um fator decisivo na fase final do torneio, onde os oito melhores colocados avançam.

- Estou feliz e orgulhosa de ter feito essa aliança com o Brasília. Defender minha cidade, trabalhar com pessoas profissionais e que gosto muito, são um custo benefício muito bom. Me sinto literalmente em casa e defenderei esse time com todas as minhas forças. Espero que toda a nossa bagagem ajude nos momentos cruciais do campeonato. Estamos nos preparando para isso e focadas em evoluir dia após dia.

Com seis vitórias e cinco derrotas na Superliga, o time candango estará diante de seu maior desafio nesta sexta-feira, quando enfrenta o líder da Superliga Molico/Osasco, fora de casa, às 21h30 (com transmissão do SporTV). O Brasília é o sétimo colocado, com 18 pontos, ao passo que o Osasco, invicto, tem 31.