icons.title signature.placeholder Marcelo Braga
icons.title signature.placeholder Marcelo Braga
07/07/2013
17:53

A fonte de Alexandre Pato não secou. Após dez jogos de jejum pelo Corinthians, o atacante desencantou na Itaipava Arena Fonte Nova, marcou duas vezes e comandou a vitória do Timão por 2 a 0 contra o Bahia, neste domingo, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o clube paulista pula para a sétima colocação, com nove pontos. Já o Tricolor baiano cai para décimo primeiro, com oito.

O jogo marcou o reencontro do Bahia com um jogo de Série A do Brasileirão na Fonte Nova após dez anos. Além disso, foi a estreia do terceiro uniforme do Timão na cor azul, feito em homenagem ao time de 1965, que representou a Seleção Brasileira em amistoso contra o Arsenal (ING), em Londres, naquele ano.

De volta ao time titular pela primeira vez desde 24 de março, quando sofreu uma lesão muscular e ficou um longo tempo afastado, Renato Augusto teve uma suspeita de fratura e afundamento no lado esquerdo da face após cotovelada involuntária de Souza. O camisa 8 já teve esse problema quando jogava no Flamengo, em 2008, mas do lado direito.

O PRIMEIRO TEMPO

Sem Emerson Sheik, Danilo e Douglas no setor de ataque - todos machucados -, Tite apostou na equipe com Alexandre Pato aberto na esquerda, Renato Augusto centralizado, Romarinho aberto na direita e Paolo Guerrero como centrovante. Quem chamou a atenção nos minutos inicias, porém, foi o meia Anderson Talisca, de 19 anos, destaque do Bahia que já atua na Seleção sub-20.

Habilidoso, o garoto fez a bola correr e incomodou a marcação do Timão. Pelas laterais, o time nordestino chegou bem nos primeiros 15 minutos. Madson e Raul conseguiram bons cruzamentos, mas Fernandão não alcançou. O gol chegou a sair aos 28 minutos, após batida de falta de Talisca que Titi desviou. A arbitragem, porém, apontou impedimento de forma acertada.

O baque incomodou o Corinthians, que só havia chegado ao ataque com chutes de fora da área de Guerrero e Renato Augusto. E a reação foi imediata. Guilherme lançou, Pato dominou com técnica dentro da área e chutou na trave, mas aproveitou bem o rebote e abriu o marcador: 1 a 0.

Dez minutos depois, ele mesmo fez o segundo. Romarinho levantou a bola em direção a área, Madson afastou mal e o camisa 7 acertou um lindo chute no ângulo esquerdo de Marcelo Lomba: 2 a 0.

O SEGUNDO TEMPO

Mesmo com placar definido, o Timão iniciou o segundo tempo com controle total da partida. Por conta de uma suspeita de afundamento de crânio, Renato Augusto deu lugar a Ibson logo aos oito minutos. O esquema, porém, se manteve.

O 3 a 0 quase saiu com Guerrero, que foi lançado, ganhou na corrida de Titi e driblou o zagueiro, mas viu o seu chute parar nas mãos de Lomba. Romarinho, minutos depois, também teve seu chute defendido pelo goleiro. Cássio ainda trabalhou, em chutes de fora da área de Souza e de Anderson Talisca, mas sem muito perigo. Assim, o Corinthians conquistou sua primeira vitória fora de casa do Brasileirão.

Na próxima rodada, o Bahia visita a Ponte Preta no sábado, às 21h, no Moisés Lucarelli, enquanto o Timão volta a campo apenas no domingo, às 16h, contra o Atlético-MG, no Pacaembu.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 0 X 2 CORINTHIANS

Estádio: Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data/hora: 07/07/2013 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Luiz Antonio Muniz de Oliveira (RJ)
Público/Renda: Não divulgados
Cartões Amarelos: Anderson Talisca (BAH), Fabricio Lusa (BAH)
Cartões Vermelhos: Não houve
Gols: Alexandre Pato, aos 33 e 42 minutos do primeiro tempo

BAHIA: Marcelo Lomba, Madson, Titi, Lucas Fonseca e Raul (Jussandro 23'/2ºT); Fahel, Rafael Miranda, Fabrício Lusa e Anderson Talisca; Marquinhos Gabriel e Fernandão (Souza 39'/1ºT). Técnico: Cristóvão Borges.

CORINTHIANS: Cássio, Edenilson, Chicão, Gil e Fábio Santos; Ralf, Guilherme, Renato Augusto (Ibson 8'/2ºT) e Romarinho (Maldonado 43'/2ºT); Alexandre Pato (Léo 36'/2ºT) e Guerrero. Técnico: Tite.

A fonte de Alexandre Pato não secou. Após dez jogos de jejum pelo Corinthians, o atacante desencantou na Itaipava Arena Fonte Nova, marcou duas vezes e comandou a vitória do Timão por 2 a 0 contra o Bahia, neste domingo, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o clube paulista pula para a sétima colocação, com nove pontos. Já o Tricolor baiano cai para décimo primeiro, com oito.

O jogo marcou o reencontro do Bahia com um jogo de Série A do Brasileirão na Fonte Nova após dez anos. Além disso, foi a estreia do terceiro uniforme do Timão na cor azul, feito em homenagem ao time de 1965, que representou a Seleção Brasileira em amistoso contra o Arsenal (ING), em Londres, naquele ano.

De volta ao time titular pela primeira vez desde 24 de março, quando sofreu uma lesão muscular e ficou um longo tempo afastado, Renato Augusto teve uma suspeita de fratura e afundamento no lado esquerdo da face após cotovelada involuntária de Souza. O camisa 8 já teve esse problema quando jogava no Flamengo, em 2008, mas do lado direito.

O PRIMEIRO TEMPO

Sem Emerson Sheik, Danilo e Douglas no setor de ataque - todos machucados -, Tite apostou na equipe com Alexandre Pato aberto na esquerda, Renato Augusto centralizado, Romarinho aberto na direita e Paolo Guerrero como centrovante. Quem chamou a atenção nos minutos inicias, porém, foi o meia Anderson Talisca, de 19 anos, destaque do Bahia que já atua na Seleção sub-20.

Habilidoso, o garoto fez a bola correr e incomodou a marcação do Timão. Pelas laterais, o time nordestino chegou bem nos primeiros 15 minutos. Madson e Raul conseguiram bons cruzamentos, mas Fernandão não alcançou. O gol chegou a sair aos 28 minutos, após batida de falta de Talisca que Titi desviou. A arbitragem, porém, apontou impedimento de forma acertada.

O baque incomodou o Corinthians, que só havia chegado ao ataque com chutes de fora da área de Guerrero e Renato Augusto. E a reação foi imediata. Guilherme lançou, Pato dominou com técnica dentro da área e chutou na trave, mas aproveitou bem o rebote e abriu o marcador: 1 a 0.

Dez minutos depois, ele mesmo fez o segundo. Romarinho levantou a bola em direção a área, Madson afastou mal e o camisa 7 acertou um lindo chute no ângulo esquerdo de Marcelo Lomba: 2 a 0.

O SEGUNDO TEMPO

Mesmo com placar definido, o Timão iniciou o segundo tempo com controle total da partida. Por conta de uma suspeita de afundamento de crânio, Renato Augusto deu lugar a Ibson logo aos oito minutos. O esquema, porém, se manteve.

O 3 a 0 quase saiu com Guerrero, que foi lançado, ganhou na corrida de Titi e driblou o zagueiro, mas viu o seu chute parar nas mãos de Lomba. Romarinho, minutos depois, também teve seu chute defendido pelo goleiro. Cássio ainda trabalhou, em chutes de fora da área de Souza e de Anderson Talisca, mas sem muito perigo. Assim, o Corinthians conquistou sua primeira vitória fora de casa do Brasileirão.

Na próxima rodada, o Bahia visita a Ponte Preta no sábado, às 21h, no Moisés Lucarelli, enquanto o Timão volta a campo apenas no domingo, às 16h, contra o Atlético-MG, no Pacaembu.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 0 X 2 CORINTHIANS

Estádio: Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data/hora: 07/07/2013 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Luiz Antonio Muniz de Oliveira (RJ)
Público/Renda: Não divulgados
Cartões Amarelos: Anderson Talisca (BAH), Fabricio Lusa (BAH)
Cartões Vermelhos: Não houve
Gols: Alexandre Pato, aos 33 e 42 minutos do primeiro tempo

BAHIA: Marcelo Lomba, Madson, Titi, Lucas Fonseca e Raul (Jussandro 23'/2ºT); Fahel, Rafael Miranda, Fabrício Lusa e Anderson Talisca; Marquinhos Gabriel e Fernandão (Souza 39'/1ºT). Técnico: Cristóvão Borges.

CORINTHIANS: Cássio, Edenilson, Chicão, Gil e Fábio Santos; Ralf, Guilherme, Renato Augusto (Ibson 8'/2ºT) e Romarinho (Maldonado 43'/2ºT); Alexandre Pato (Léo 36'/2ºT) e Guerrero. Técnico: Tite.