icons.title signature.placeholder Alyson Gonçalo
icons.title signature.placeholder Alyson Gonçalo
03/07/2013
11:10

O clima não é bom para o atacante Patito Rodríguez na Vila Belmiro. Motivo de desconfiança e críticas por parte da torcida nos últimos meses, o jogador admite viver má fase e não descarta uma possível saída do Santos.

O argentino, que aportou no Peixe no meio do ano passado, não atua desde o dia 29 de maio e sequer foi relacionado pelo técnico Claudinei Oliveira nas últimas três partidas do Alvinegro no Brasileirão.

- Sei que tenho que melhorar. Estou tranquilo, treinando para jogar aqui (no Santos). Não sei se há possibilidade (de sair). Se aparecer algo bom para mim e para o clube, irei avaliar a proposta - disse.

No último mês, o jogador foi alvo de interesse do Flamengo, que abordou o Peixe sobre a possibilidade do empréstimo do argentino. As conversas, no entanto, não avançaram, já que o Peixe deseja vendê-lo em definitivo.

A ideia da diretoria alvinegra é recuperar o dinheiro gasto em sua compra. Sem a ajuda de investidores, o Peixe pagou cerca de R$ 6 milhões por 70% dos direitos econômicos do jogador de 23 anos, revelado pelo Independiente (ARG).

Após quase um ano na Vila Belmiro, Patito nunca conseguiu se firmar como titular. Nesta temporada, ele atuou em 17 partidas, quase sempre entrando no segundo tempo, e não fez nenhum gol.

 

O clima não é bom para o atacante Patito Rodríguez na Vila Belmiro. Motivo de desconfiança e críticas por parte da torcida nos últimos meses, o jogador admite viver má fase e não descarta uma possível saída do Santos.

O argentino, que aportou no Peixe no meio do ano passado, não atua desde o dia 29 de maio e sequer foi relacionado pelo técnico Claudinei Oliveira nas últimas três partidas do Alvinegro no Brasileirão.

- Sei que tenho que melhorar. Estou tranquilo, treinando para jogar aqui (no Santos). Não sei se há possibilidade (de sair). Se aparecer algo bom para mim e para o clube, irei avaliar a proposta - disse.

No último mês, o jogador foi alvo de interesse do Flamengo, que abordou o Peixe sobre a possibilidade do empréstimo do argentino. As conversas, no entanto, não avançaram, já que o Peixe deseja vendê-lo em definitivo.

A ideia da diretoria alvinegra é recuperar o dinheiro gasto em sua compra. Sem a ajuda de investidores, o Peixe pagou cerca de R$ 6 milhões por 70% dos direitos econômicos do jogador de 23 anos, revelado pelo Independiente (ARG).

Após quase um ano na Vila Belmiro, Patito nunca conseguiu se firmar como titular. Nesta temporada, ele atuou em 17 partidas, quase sempre entrando no segundo tempo, e não fez nenhum gol.