icons.title signature.placeholder Ivo Felipe
07/12/2013
13:41

Após a morte de um dos grandes líderes do século 20, o ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, a organização do Mundial de Handebol, que ocorre na Sérvia decidiu prestar um minuto de silêncio antes de cada encontro da primeira rodada do torneio, que ocorrerá neste sábado.

Mandela faleceu na última quinta-feira, na África do Sul, aos 95 anos. O ex-chefe do país africano foi um dos líderes na luta pela igualdade de direitos e peça-chave no fim do apartheid - regime de segregação racial que dominava a África do Sul. Foi presidente do país de 1994 a 1999 e sempre teve uma ligação muito forte com o esporte, como é retratado no filme "Invictus".

A despeito de a África do Sul não disputar o torneio de handebol, a organização do torneio decidiu homenagear uma das grandes personalidades recentes do mundo. As primeiras partidas deste sábado já prestaram tributo ao ex-chefe de estado.

A cerimônia deverá ser seguida também no duelo do Brasil contra a Argélia, que ocorrerá a partir das 15h (de Brasília). Esta será a estreia do time comandado por Morten Soubak no principal torneio desta temporada.