icons.title signature.placeholder Carlos Vieira
04/07/2014
12:47

Por volta das 11h, cerca de 140 torcedores alemães tomaram de assalto a principal churrascaria da Tijuca, que fica a menos de 1km do Maracanã.  Eles chegaram em três ônibus e desceram direto para o estabelecimento, reservado para eles.

A churrascaria estava reservada para os parentes dos jogadores. Funcionários do restaurante foram proíbidos de dar informações (Foto: Carlos Vieira)



Os funcionários da churrascaria  disseram não ter ordens para dar declarações, mas um dos motoristas, que não se identificou, acabou com o mistério.

- São parentes dos jogadores da Alemanha. Eles fretaram um voo e acabamos de pegá-los no aeroporto. Eles almoçam, acompanham o jogo, retornam para a churrascaria, que é o ponto de encontro e seguem de volta para a cidade na qual os jogadores estão concentrados – disse.

Foto dos jogadores foram anexadas na entrada do restaurante: Após o almoço, os torcedores foram caminhando até o Maracanã (Foto: Carlos Vieira)


Da churrascaria eles seguiriam, com segurança particular,  a pé para o Maracanã. Segundo um dos alemães do grupo, que se dizia parente do zagueiro Grosskreutz (do Borussia Dortmund) alguns jornalistas e membros da federação alemã também estavam presentes.

- Aqui é próximo do estádio e queríamos muito comer numa churrascaria do Rio – disse, pouco antes da segurança pedir a saída da reportagem da porta do estabelecimento.